Carros que não forem reparados impedidos de circular

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Em Curso Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por dragao em Qua 17 Jan 2018, 22:25

Os automóveis do grupo Volkswagen que falharem a reparação do software fraudulento estão impedidos de circular nas estradas nacionais. A lei também prevê chumbos nos centros de inspecção a partir de 2019.

Os automóveis do grupo Volkswagen afectados pelo escândalo das emissões poluentes em Portugal são obrigados a ir à oficina para serem intervencionados. Os carros da Volkswagen, Seat, Audi e Skoda que não forem reparados ficam impedidos de circular nas estradas portuguesas. O aviso é feito pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT).

"Os veículos para os quais já exista solução técnica aprovada pelo KBA [regulador alemão] e que, sendo notificados para a acção de reposição da conformidade, não sejam submetidos à reposição da conformidade" nos prazos fixados "serão considerados em situação irregular", disse fonte oficial do IMT ao Negócios.

Mas o que é que acontece se estes automóveis ficarem em situação irregular? Estes veículos "ficarão impedidos de circular legalmente na via pública, estando sujeitos à apreensão dos respectivos documentos de identificação, por motivo de alteração das suas características relativamente ao modelo homologado e incumprimento da regulamentação relativa às emissões poluentes", explica o organismo estatal.

Em Portugal, existiam em 2015 um total de 125 mil veículos da Volkswagen, Audi, Seat e Skoda equipados com o software que manipula a leitura das emissões poluentes.

Os veículos considerados em situação irregular ficarão impedidos de circular legalmente na via pública, estando sujeitos à apreensão dos respectivos documentos de identificação.
FONTE OFICIAL DO IMT

As marcas Volkswagen, Audi e Skoda contavam inicialmente com um total de 101,6 mil carros afectados pelo software fraudulento em Portugal. Um balanço feito recentemente pela SIVA, empresa importadora destas três marcas, revelou que estavam 21,7 mil viaturas por reparar, tendo sido reparados 78% dos veículos afectados.

A SIVA espera que a acção de actualização do software esteja concluída até ao final do primeiro trimestre, salientando que os clientes podem continuar a dirigir-se aos stands da marca no futuro para fazer a reparação do software.

A empresa importadora prevê atingir um total de 90% de automóveis intervencionados, pois os restantes 10% correspondem a clientes que a marca não consegue contactar porque os carros foram vendidos ou exportados, disse o administrador da SIVA, Pedro de Almeida, a 5 de Janeiro. A empresa adiantou que envia uma lista ao IMT com os automóveis que não comparecerem à convocatória para serem reparados.

Em relação às inspecções periódicas, o IMT avisa que os carros que não forem intervencionados ficam sujeitos a chumbos nos centros de inspecção a partir de Maio de 2019. "Os veículos passam a ser reprovados em inspecção periódica sempre que não tenham efectuado as acções de ‘recall’ previstas para reposição da conformidade, nomeadamente relativas ao controlo das emissões poluentes", diz fonte oficial do IMT.
http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/automovel/detalhe/dieselgate-carros-que-nao-forem-reparados-impedidos-de-circular?ref=DestaquesTopo
avatar
dragao
Cmdt Interino
Cmdt Interino

Masculino
Idade : 49
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 19605
Mensagem : Ler as Regras ajuda a compreender o funcionamento do fórum!
Meu alistamento : Já viste este novo campo no teu perfil?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por dragao em Qua 17 Jan 2018, 22:25

militar
avatar
dragao
Cmdt Interino
Cmdt Interino

Masculino
Idade : 49
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 19605
Mensagem : Ler as Regras ajuda a compreender o funcionamento do fórum!
Meu alistamento : Já viste este novo campo no teu perfil?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por COELHO.X em Qua 17 Jan 2018, 22:31

Isto é tudo muito bonito, depois de levar o meu ha VW nunca mais ficou igual, os consumos por ex dispararam, mas la está o que interessa para a marca é la passar depois o problema final ja nao e com eles..ja para nao falar que em 5 anos nunca precisei de intervencionar o mesmo por avaria desde que o levei a uns meses ja precisou de 2 peças!!!
Somos enganados a força toda!!!
avatar
COELHO.X
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 5047
Mensagem : Passam Céleres Altivos e Impenetráveis..é a Cavalaria que Passa!
"Para ter inimigos, não precisa declarar guerras, apenas diga o que pensa..."

Martin Luther King

Meu alistamento : (1999) Século Passado!!Há pois é.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por dragao em Qua 17 Jan 2018, 22:38

Tens de comprar uma ave destas coelho.. Wink

avatar
dragao
Cmdt Interino
Cmdt Interino

Masculino
Idade : 49
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 19605
Mensagem : Ler as Regras ajuda a compreender o funcionamento do fórum!
Meu alistamento : Já viste este novo campo no teu perfil?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por COELHO.X em Qua 17 Jan 2018, 22:41

dragao escreveu:Tens de comprar uma ave destas coelho.. Wink

Naaa mais vale andar a pé  HeeHeeHee
avatar
COELHO.X
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 5047
Mensagem : Passam Céleres Altivos e Impenetráveis..é a Cavalaria que Passa!
"Para ter inimigos, não precisa declarar guerras, apenas diga o que pensa..."

Martin Luther King

Meu alistamento : (1999) Século Passado!!Há pois é.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por moralez em Qua 17 Jan 2018, 22:43

COELHO.X escreveu:Isto é tudo muito bonito, depois de levar o meu ha VW nunca mais ficou igual, os consumos por ex dispararam, mas la está o que interessa para a marca é la passar depois o problema final ja nao e com eles..ja para nao falar que em 5 anos nunca precisei de intervencionar o mesmo por avaria desde que o levei a uns meses ja precisou de 2 peças!!!
Somos enganados a força toda!!!
Que peças é que precisou?
O meu também foi intervencionado.

_____________________________________________
avatar
moralez
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 33
Profissão : Militar G.N.R.
Nº de Mensagens : 5735
Mensagem : Os chibos andam aí!
Que nem ratinhos escondidos...
Meu alistamento : 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por COELHO.X em Qua 17 Jan 2018, 22:48

moralez escreveu:
COELHO.X escreveu:Isto é tudo muito bonito, depois de levar o meu ha VW nunca mais ficou igual, os consumos por ex dispararam, mas la está o que interessa para a marca é la passar depois o problema final ja nao e com eles..ja para nao falar que em 5 anos nunca precisei de intervencionar o mesmo por avaria desde que o levei a uns meses ja precisou de 2 peças!!!
Somos enganados a força toda!!!
Que peças é que precisou?
O meu também foi intervencionado.
Olha a última por ex..."radiador óleo/refrigeração/suporte/" junto ao motor 300€ original!!!dito por um conhecido meu que la trabalha...o teu carro nunca mais sera o mesmo!!! 
Vao enganar o \'\'Auto-removido\'\'@....
avatar
COELHO.X
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 5047
Mensagem : Passam Céleres Altivos e Impenetráveis..é a Cavalaria que Passa!
"Para ter inimigos, não precisa declarar guerras, apenas diga o que pensa..."

Martin Luther King

Meu alistamento : (1999) Século Passado!!Há pois é.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por moralez em Qua 17 Jan 2018, 23:49

COELHO.X escreveu:
moralez escreveu:
COELHO.X escreveu:Isto é tudo muito bonito, depois de levar o meu ha VW nunca mais ficou igual, os consumos por ex dispararam, mas la está o que interessa para a marca é la passar depois o problema final ja nao e com eles..ja para nao falar que em 5 anos nunca precisei de intervencionar o mesmo por avaria desde que o levei a uns meses ja precisou de 2 peças!!!
Somos enganados a força toda!!!
Que peças é que precisou?
O meu também foi intervencionado.
Olha a última por ex..."radiador óleo/refrigeração/suporte/" junto ao motor 300€ original!!!dito por um conhecido meu que la trabalha...o teu carro nunca mais sera o mesmo!!! 
Vao enganar o \'\'Auto-removido\'\'@....

Tambem tenho um conhecido na Audi que me disse que o meu carro nunca mais será o mesmo.
Mas esta notícia, para mim é uma boa notícia dentro da má.
Fui obrigado a fazer a reparação e tenho a prova no livro de revisões. Esta obrigatoriedade, veio dar-me "carta branca" para eu ir fazer uma reprogramação da centralina como deve ser ou meter como tinha de fábrica. Aproveito e anulo o filtro de partículas.

_____________________________________________
avatar
moralez
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 33
Profissão : Militar G.N.R.
Nº de Mensagens : 5735
Mensagem : Os chibos andam aí!
Que nem ratinhos escondidos...
Meu alistamento : 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por Gif em Qui 18 Jan 2018, 00:03

É natural que o carro deixe de ser o mesmo, antes com o software fraudulento, não havia restrições na injecção, o que permitia o motor ter mais potencia, e consequentemente desenvolver melhor.
Como o novo software, é o mesmo que andar com a opção eco, que algumas marcas disponibilizam nos seus carros, há restrições na injecção, ou seja, é injectado menos combustível para cumprir com as normas poluentes, menos combustível, menos potencia, pior desempenho e para ter as mesmas prestações que tinha antes, gasta-se mais combustível.

A solução é mais sensibilidade no pé, e esperar que o motor tome embalagem progressivamente em vez de querer que ele dispare logo.

Coelho, o radiador do óleo, não tem nenhum relacionamento directo com a alteração que foi feita, isso foi só coincidência.

A alternativa é reprogramar (+ custos) para se ficar com o motor com um desempenho igual ou melhor que antes, como sugere o moralez.
Mas cuidado com esse tipo de alterações, pois mais cedo ou mais tarde, não me admiro nada que as ipo passem a ser mais rigorosas no controlo de gases dos diesel, alem do facto de serem alterações às características dos veículos hmm ....
avatar
Gif
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 40
Profissão : tratorista
Nº de Mensagens : 246
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por moralez em Qui 18 Jan 2018, 00:30

Gif escreveu:É natural que o carro deixe de ser o mesmo, antes com o software fraudulento, não havia restrições na injecção, o que permitia o motor ter mais potencia, e consequentemente desenvolver melhor.
Como o novo software, é o mesmo que andar com a opção eco, que algumas marcas disponibilizam nos seus carros, há restrições na injecção, ou seja, é injectado menos combustível para cumprir com as normas poluentes, menos combustível, menos potencia, pior desempenho e para ter as mesmas prestações que tinha antes, gasta-se mais combustível.

A solução é mais sensibilidade no pé, e esperar que o motor tome embalagem progressivamente em vez de querer que ele dispare logo.

Coelho, o radiador do óleo, não tem nenhum relacionamento directo com a alteração que foi feita, isso foi só coincidência.

A alternativa é reprogramar (+ custos) para se ficar com o motor com um desempenho igual ou melhor que antes, como sugere o moralez.
Mas cuidado com esse tipo de alterações, pois mais cedo ou mais tarde, não me admiro nada que as ipo passem a ser mais rigorosas no controlo de gases dos diesel, alem do facto de serem alterações às características dos veículos hmm ....
No meu caso, não é bem assim. O meu é o motor 2.0 de 170 cv. Ou seja, apenas levou alteração de software. O meu amigo da Audi disse-me que o carro até fica legeiramente mais potente, algo que não notei, mas que já li e ouvi vários relatos de que esses motores saem de lá com mais 8 ou 10 cv. Disse-me ainda que o que muda nesses motores é a retirada do software fraudulento, ou seja, o carro passa a emitir mais gases ao relanti.
Na prática notei isso, ao relanti noto o motor mais ruidoso, o que significa que há mais injeção de gasóleo. As regenações do filtro de partículas é que aumentaram para o triplo. E aumentou o consumo em cerca de 0,3 l/100 km.
Se nas IPO controlarem esses gases, a minha prova em como fui ao Recall está na minha mão no livro de revisões.. Duvido que, num futuro próximo, os centros de inspeção façam leituras de centralina. E, mesmo que façam, é só pedir ao reprogramador para restringir o acesso na centralina.

_____________________________________________
avatar
moralez
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 33
Profissão : Militar G.N.R.
Nº de Mensagens : 5735
Mensagem : Os chibos andam aí!
Que nem ratinhos escondidos...
Meu alistamento : 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por Gif em Qui 18 Jan 2018, 10:20

Mão é à questão de ler a centralina, mas é fazerem testes mais rigorosos aos gases em vez de ser só à opacidade dos gases.

Refiro-me à eliminação do fap, isso é uma alteração das características do veiculo Wink

O que tenho ouvido falar é exactamente o contraio, o software fraudulento permitia maior debito de combustível em andamentos fora de teste, e em teste mantinha o debito mais controlado para garantir as emissões. A alteração de software vai impedir esse maior debito fora do ambiente do teste, por isso é que os carros passam a ter pior desempenho.

Acima de tudo temos que pensar que é estas pequenas coisas que se podem evitar  e controlar, que vai influenciar o futuro dos nossos filhos.
Eu sou contra a mentalidade de certas pessoas, que insistem em retirar fap's e EGR's porque dão problemas, mas não são capazes de perceber que esses problemas são causados pela utilização inadequada dos motores diesel, estes motores só são eficientes quando estão bem quentes, não são carros para fazer só 10 km por dia. Com conduções inadequadas não admira que depois dão problemas.
avatar
Gif
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 40
Profissão : tratorista
Nº de Mensagens : 246
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por COELHO.X em Qui 18 Jan 2018, 10:46

Nao querendo entrar em discordia caro user até porque nao sou mecânico mas do desenpenho do me carro percebo eu, antes de ser submetido ha mudança do software nao consumia o que consome bem como o desempenho nao e o mesmo disso tenho eu 100% certeza agora o resto se é desta peça ou daquela ja nao sei.
avatar
COELHO.X
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 5047
Mensagem : Passam Céleres Altivos e Impenetráveis..é a Cavalaria que Passa!
"Para ter inimigos, não precisa declarar guerras, apenas diga o que pensa..."

Martin Luther King

Meu alistamento : (1999) Século Passado!!Há pois é.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por Gif em Qui 18 Jan 2018, 13:49

Exacto, coelhox, a diferença de software, faz com que o carro tenha pior desempenho, obrigando o condutor a ter que acelerar mais para obter o mesmo desempenho que antes, aumentando assim o consumo.
A alteração do software, pode causar mais problemas em relação À EGR , ao FAP, aos injectores, etc, em relação ao radiador de óleo, foi pura coincidencia

Como o desempenho é menor (menos combustível injectado) a temperatura do motor é menor, e por isso a queima é menos eficiente e produz partículas de maior dimensão. Nos carros com fap, estas partículas de maior dimensão, vão obstruir mais rapidamente o filtro, obrigando a mais regenerações, aumentando mais uma vez os consumos, em relação À egr, como a produção de carvão é maior, há mais probabilidades desta válvula começar a ficar obstruída, tal como a acumulação de carvão noutras partes do motor.
Uma solução para minimizar este problema é ir de vez em quando "esticar as pernas" ao carro com uma volta em A.E.

Em viagens grandes e a velocidades mais altas, comparativamente com as condições de condução em cidade, esta questão é minimizada, porque o motor atinge temperaturas mais altas, o suficiente para reduzir as partículas emitidas e a queima do combustível ser feita de forma mais eficiente.

Para quem não sabe, o fap o que faz é incinerar as partículas de maior dimensão para que fiquem mais pequenas. Se durante a queima a temperatura do motor, mais rigorosamente, a temperatura dos gases for suficientemente elevada para reduzir o tamanho das partículas, menos trabalho terá o fap. Essa temperatura elevada só se obtém com combustível, se corta-se o combustível obrigatoriamente a temperatura dos gases vai diminuir, não há volta a dar Wink
avatar
Gif
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 40
Profissão : tratorista
Nº de Mensagens : 246
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por COELHO.X em Qui 18 Jan 2018, 14:20

militar
Gif escreveu:Exacto, coelhox, a diferença de software, faz com que o carro tenha pior desempenho, obrigando o condutor a ter que acelerar mais para obter o mesmo desempenho que antes, aumentando assim o consumo.
A alteração do software, pode causar mais problemas em relação À EGR , ao FAP, aos injectores, etc, em relação ao radiador de óleo, foi pura coincidencia

Como o desempenho é menor (menos combustível injectado) a temperatura do motor é menor, e por isso a queima é menos eficiente e produz partículas de maior dimensão. Nos carros com fap, estas partículas de maior dimensão, vão obstruir mais rapidamente o filtro, obrigando a mais regenerações, aumentando mais uma vez os consumos, em relação À egr, como a produção de carvão é maior, há mais probabilidades desta válvula começar a ficar obstruída, tal como a acumulação de carvão noutras partes do motor.
Uma solução para minimizar este problema é ir de vez em quando "esticar as pernas" ao carro com uma volta em A.E.

Em viagens grandes e a velocidades mais altas, comparativamente com as condições de condução em cidade, esta questão é minimizada, porque o motor atinge temperaturas mais altas, o suficiente para reduzir as partículas emitidas e a queima do combustível ser feita de forma mais eficiente.

Para quem não sabe, o fap o que faz é incinerar as partículas de maior dimensão para que fiquem mais pequenas. Se durante a queima a temperatura do motor, mais rigorosamente, a temperatura dos gases for suficientemente elevada para reduzir o tamanho das partículas, menos trabalho terá o fap. Essa temperatura elevada só se obtém com combustível, se corta-se o combustível obrigatoriamente a temperatura dos gases vai diminuir, não há volta a dar Wink
militar
avatar
COELHO.X
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 5047
Mensagem : Passam Céleres Altivos e Impenetráveis..é a Cavalaria que Passa!
"Para ter inimigos, não precisa declarar guerras, apenas diga o que pensa..."

Martin Luther King

Meu alistamento : (1999) Século Passado!!Há pois é.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por Gif em Qui 18 Jan 2018, 18:40

Citar
Responsável pelo controle do fluxo dos gases produzidos pela combustão da mistura dentro dos cilindros do motor, a válvula EGR ajuda a controlar e reduzir a emissão de poluentes.

Como sabemos, os motores veiculares mais modernos incorporam dispositivos destinados a diminuir os poluentes lançados na atmosfera, sendo este um dos principais motivos da utilização do gerenciamento eletrônico nos veículos atuais, nacionais e importados.
Basicamente, os três mais importantes poluentes produzidos por um motor de combustão interna são, em ordem de importância, o Monóxido de Carbono (CO), os Hidrocarbonetos (HC), e os Óxidos de Nitrogênio (NOx).
Falando especificamente sobre os Óxidos de Nitrogênio, eles são formados quando a temperatura da câmara de combustão atinge níveis mais elevados, seja pelo empobrecimento gradual da mistura, devido ao aquececimento do motor, seja por condições de trabalho mais críticas; e neste caso, devem ser controlados para se manterem dentro dos limites de emissões definidos por lei.
A fim de reduzir a formação destes óxidos, os gases de escapamento são desviados até o sistema de admissão, através de uma tubulação existente no coletor de escapamento do veículo, para que possam ser aspirados e ocupar um espaço dentro da câmara de combustão usualmente destinado à mistura ar/combustível.
Como sabemos, os gases de escape são formados por uma mistura já queimada e, portanto, não são mais combustíveis. Todavia, se ocuparem um espaço dentro da câmara, irão limitar a queima da mistura ar/combustível, diminuindo, conseqüentemente sua temperatura. Ao reduzir a temperatura, automaticamente será reduzido o nível de formação dos Óxidos de Nitrogênio produzidos pelo motor.
É óbvio que a admissão destes gases na câmara, ocupando o lugar destinado a mistura ar/combustível, reduzirá a potência disponível gerada pelo motor e, portanto, este processo deve ser controlado criteriosamente, com a finalidade de não prejudicar o desempenho do veículo em determinados regimes de funcionamento.

Função e funcionamento - É aí que entra em cena a válvula EGR (Exhaust Gas Recirculation ou Válvula de Recirculação dos Gases de Escape), que controla o fluxo e o momento em que estes gases devem ser admitidos na câmara de combustão.
A válvula EGR abre pela ação do vácuo do coletor de admissão, por um lado, e pela ação da pressão dos gases de escape, pelo outro, permitindo que os gases de escapamento fluam para o interior do coletor de admissão.
Os gases de escapamento seguem com a mistura ar/combustível para a câmara de combustão. Se houver um excesso de gases de escapamento admitidos, não ocorrerá combustão, ou haverá falha de combustão. Por isso, apenas uma quantidade controlada de gás passa pela válvula, que deverá estar totalmente fechada na marcha lenta.
No regime de marcha lenta não deverá haver admissão de gases de escape no coletor de admissão, pois não há geração de NOx nestas condições, sem mencionar o fato de que na marcha lenta, pela baixa quantidade de combustões nos cilindros, haverá irregularidade em seu funcionamento, oscilações e até mesmo apagamento do motor em casos extremos.
A válvula EGR possui uma câmara com um diafragma, que abre a sede da válvula pela ação de pressão positiva proveniente do escape e/ou vácuo originado do coletor de admissão, interligando os dois coletores (veja Figura 1). Por isso, geralmente sua localização está próxima aos coletores ou a alguma tubulação que os interliga.
Nos sistemas mais avançados de gerenciamento eletrônico, as funções desta válvula são controladas pelo Módulo de Controle Eletrônico (UCE), que se utiliza de atuadores para determinar o momento e o tempo em que ela deve operar, sendo sua real atuação monitorada por um potenciômetro presente na própria válvula. Este, por sinal, será parte do tema abordado na segunda parte desta matéria.
A válvula EGR abre atendendo à uma das seguintes condições:
• Motor Aquecido;
• Rotação do motor superior à da marcha lenta (veja Figura 2);
• Condições diversas de aceleração e desaceleração do veículo.
A quantidade dos gases de escape admitidos na câmara e o tempo que a válvula permanece aberta dependerá das variações no vácuo e na pressão dos gases de escapamento, de acordo com o regime de funcionamento do motor.

Identificação da Válvula EGR - Existe uma seqüência padrão nos códigos de identificação da válvula EGR, com informações importantes para o aplicador:
• As válvulas EGR de pressão positiva terão um “P” gravado na lateral superior de sua carcaça, seguindo o número da peça (veja Figura 3);
• As válvulas EGR de pressão negativa terão um “N” estampado na lateral superior da válvula em seguida à sua numeração;
• As válvulas EGR de passagem, ou seja, que trabalham tanto com pressão negativa quanto com pressão positiva, não possuem nenhuma identificação de seu regime de trabalho após seu número de peça.
A substituição da EGR deverá ser feita observando-se estas indicações de aplicação, uma vez que fisicamente todas elas são parecidas ou mesmo idênticas. Não existe um teste eficiente para checar a eficiência das válvulas EGR, uma vez que só se poderá comprovar se seu diafragma está perfeito através da aplicação de vácuo. Porém, seu correto funcionamento, como aprendemos, depende também da atuação da pressão positiva dos gases de escapamento, o que nem sempre se pode confirmar.
Quando forem observadas falhas no funcionamento do motor em altas rotações, marcha lenta irregular ou mesmo apagamento do motor após desacelerações, bem como altos níveis de emissão de CO, a culpada pode ser a válvula EGR e deverá ser substituída por outra de mesma especificação. Porém, atente que mesmo motores idênticos mas aplicados em veículos diferentes, podem utilizar EGRs diferentes, embora fisicamente idênticas.
O técnico deverá estar atento quanto à aplicação específica do tipo de componente correto, pois falhas de funcionamento ocorrerão se a EGR inadequada for aplicada. Vale a pena lembrar também que, como as EGRs trabalham utilizando o vácuo do coletor, um exame criterioso das tubulações deverá ser feito, prevenindo, dessa forma, vazamentos indesejáveis e oscilações da marcha lenta.
No próximo artigo, daremos continuaçào a este assunto, com a descrição do funcionamento das Válvulas EGR atuadas eletronicamente e como o sistema de gerenciamento eletronico do motor interage com elas, bem como dispositivos que auxiliam neste trabalho.


in http://www.oficinabrasil.com.br/


Como o problema do software malicioso era o excesso de Nox , dom o novo software reduziram a admissão de combustivel e aumentaram a recirculação de gases.
Alem disso a egr impede que o motor aqueça em demasia reduzindo assim o desgaste dos componentes.
A solução mais adequada seria a utilização dos carros diesel para viagens longas e para viagens mais curtas optar por carros a gasolina ou gpl.

Em todo o caso, os carros a  gpl são mais económicos em termos de custos que um carro diesel, quer na aquisição quer na manutenção e principalmente no abastecimento, conseguindo ser 30% mais económico que o diesel.  É só fazer as contas, um carro diesel a gastar 5L/100km e um carro a gpl a gastar 8L/100km, façam contas ao preço do combustível e depois vejam qual é aquele onde gastam menos na hora de abastecer.
avatar
Gif
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 40
Profissão : tratorista
Nº de Mensagens : 246
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por pro_pain em Sex 19 Jan 2018, 00:19

Como posso saber se tenho de levar o meu carro a resolver essa situação?
avatar
pro_pain
Guarda Provisório
Guarda Provisório

Masculino
Idade : 32
Profissão : Guarda
Nº de Mensagens : 14
Meu alistamento : 2010/2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por Xavi76 em Sex 19 Jan 2018, 00:55

Meus caros camaradas o meu "nino" já lá tem o autocolante ao lado do compartimento do pneu socorro, bem como uma folha A4 a testar a respetiva alteração ao software Fixe 

Em relação às diferenças, também noto mais dificuldade no motor em "responder", no entanto não noto maior consumo. hmm 

Utilizo sempre o diesel ultimate (BP) Fixe

VW SEMPRE  militar
avatar
Xavi76
Cabo-Mor
Cabo-Mor

Masculino
Idade : 41
Profissão : GRD. Infª G.N.R.
Nº de Mensagens : 345
Mensagem : ..."estou na Guarda pelo trabalho e não pelo emprego"... :-)

Meu alistamento : 04NOV02 CFP "AIP" e 29OUT04 8ºCF "EPG"

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por JAFS em Sex 19 Jan 2018, 01:50

No facebook existe um grupo chamado: Dieselgate.PT - Lesados do Grupo Volkswagen, peçam para aderir ao grupo para terem a noção dos problemas causados por esse maravilhoso "fix".
avatar
JAFS
Guarda Provisório
Guarda Provisório

Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 43
Meu alistamento : CFP 2001 AIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por Gif em Sex 19 Jan 2018, 08:23

pro_pain escreveu:Como posso saber se tenho de levar o meu carro a resolver essa situação?
Em principio serás notificado para tal, mas não perdes nada em passar por uma oficina da marca e confirmar a necessidade ou não de fazer a alteração do software.
avatar
Gif
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 40
Profissão : tratorista
Nº de Mensagens : 246
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por Gif em Sex 19 Jan 2018, 12:31

Emissões poluentes. Donos de carros manipulados gastaram quase mil euros na oficina
19 jan, 2018 - 07:06
Aumento do consumo, perda de potência e um motor mais ruidoso são as principais queixas que as associações de consumidores europeias receberam.
Foto: Yonhap/ EPA
Os proprietários de carros do grupo Volkswagen estão insatisfeitos com as alterações feitas nos veículos, na sequência do escândalo das emissões poluentes. O gigante alemão comprometeu-se a corrigir o problema gratuitamente, mas os resultados não satisfazem completamente.

De acordo com um estudo da Deco, os portugueses que têm carros afectados pelo escândalo acabaram por pagar, em média, 957 euros em arranjos. A associação de defesa dos consumidores portuguesa, em conjunto com as associações de consumidores de Bélgica, Espanha e Itália fez um inquérito a mais de 10.500 proprietários.
Em declarações ao programa Carla Rocha - Manhã da Renascença, Bruno Santos, da Deco, revelou que "há uma margem muito grande de proprietários insatisfeitos porque viram o seu carro piorar depois desta intervenção obrigatória". O estudo revela ainda que em "13% dos casos, os proprietário decidiram reinstalara o software anterior".
Aumento do consumo (55%), perda de potência (52%) e um motor mais ruidoso (37%) são as principais queixas relatadas.

Perante estes problemas, a Deco já está em contacto com o Ministério da Economia para tentar revogar a obrigatoriedade de intervenção nos carros afectados.
"Sabendo que há 30 mil carros que ainda não foram intervencionados, questionamos o Ministério da Economia sobre a pertinência de continuar a exigir a obrigatoriedade de ir às oficinas", argumenta Bruno Santos.

A associação de defesa dos consumidores defende ainda "a necessidade dos consumidores europeus terem um tratamento equivalente ao que tiveram os consumidores americanos", onde, recorda, "10 mil milhões de dólares foram disponibilizados à partida precisamente para uma série de medidas de compensação que passava, por exemplo, pela retoma dos carros, cessação de contratos de leasing".
Bruno Santos considera, por isso, que é tempo "de os governos europeus se envolverem e da União Europeia também dar um sinal".
"É altura de avançar na área da política", remata.
Na quinta-feira, o Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT) avisou que os automóveis do grupo afectados pelo problema que não forem reparados ficam impedidos de circular nas estradas portuguesas.
Em Setembro de 2015 rebentou o escândalo da manipulação de emissões poluentes pela Volkswagen, estimando-se que em todo o mundo tenham sido afectados 11 milhões de veículos pela fraude cometida pelo grupo, dos quais oito milhões na Europa.

O caso conhecido como "Dieselgate" levou o grupo a actualizar o software dos motores diesel em todas as suas marcas.

in http://rr.sapo.pt/noticia/103401/emissoes-poluentes-donos-de-carros-manipulados-gastaram-quase-mil-euros-na-oficina
avatar
Gif
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 40
Profissão : tratorista
Nº de Mensagens : 246
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por COELHO.X em Sex 19 Jan 2018, 15:30

No inicio deste ultimo post está aquilo que venho dizendo..mas nao percebo nada disto....."E o burro sou eu"
avatar
COELHO.X
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 5047
Mensagem : Passam Céleres Altivos e Impenetráveis..é a Cavalaria que Passa!
"Para ter inimigos, não precisa declarar guerras, apenas diga o que pensa..."

Martin Luther King

Meu alistamento : (1999) Século Passado!!Há pois é.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por moralez em Sab 20 Jan 2018, 10:48

Nem de propósito.
Ontem o meu mecânico ligou-me a dizer se eu queria meter o ficheiro de fábrica na centralina.
Nem hesitei. Vai ser já esta semana.

_____________________________________________
avatar
moralez
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 33
Profissão : Militar G.N.R.
Nº de Mensagens : 5735
Mensagem : Os chibos andam aí!
Que nem ratinhos escondidos...
Meu alistamento : 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por OPC em Sab 20 Jan 2018, 21:12

O meu continua como veio de fábrica e até que LEGALMENTE seja obrigado a levar o fix, vai continuar assim. Se está bom, não mexe!

A "querida" SIVA que continue a enviar-me cartas registadas, ameaças com blacklists, convites para checkups e actualizações de GPS gratuitos ou o que quer que seja que logo me lá apanham.

OPC
Cabo-Excepção
Cabo-Excepção

Masculino
Idade : 41
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 120

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por OPC em Sab 20 Jan 2018, 21:19

Xavi76 escreveu:Meus caros camaradas o meu "nino" já lá tem o autocolante ao lado do compartimento do pneu socorro, bem como uma folha A4 a testar a respetiva alteração ao software Fixe 

Em relação às diferenças, também noto mais dificuldade no motor em "responder", no entanto não noto maior consumo. hmm 

Utilizo sempre o diesel ultimate (BP) Fixe

VW SEMPRE  militar


Ainda bem que há esteja feliz com a emenda pior que o soneto e contente com a VW...

OPC
Cabo-Excepção
Cabo-Excepção

Masculino
Idade : 41
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 120

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por OPC em Sab 20 Jan 2018, 21:26

pro_pain escreveu:Como posso saber se tenho de levar o meu carro a resolver essa situação?

De que carro estamos a falar (modelo, motorização e ano)?

É que se até à presente data não recebeste nenhuma carta (simples ou registada) da SIVA, visto que segundo esta já todos os proprietários terão sido "notificados" para efectuarem o fix, provavelmente não tens um dos carros afectados, contudo, vai aqui e introduz o VIN do carro:

http://info.volkswagen.com/pt/pt/home

OPC
Cabo-Excepção
Cabo-Excepção

Masculino
Idade : 41
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 120

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por OPC em Sab 20 Jan 2018, 22:12

Gif escreveu:Exacto, coelhox, a diferença de software, faz com que o carro tenha pior desempenho, obrigando o condutor a ter que acelerar mais para obter o mesmo desempenho que antes, aumentando assim o consumo.
A alteração do software, pode causar mais problemas em relação À EGR , ao FAP, aos injectores, etc, em relação ao radiador de óleo, foi pura coincidencia

Como o desempenho é menor (menos combustível injectado) a temperatura do motor é menor, e por isso a queima é menos eficiente e produz partículas de maior dimensão. Nos carros com fap, estas partículas de maior dimensão, vão obstruir mais rapidamente o filtro, obrigando a mais regenerações, aumentando mais uma vez os consumos, em relação À egr, como a produção de carvão é maior, há mais probabilidades desta válvula começar a ficar obstruída, tal como a acumulação de carvão noutras partes do motor.
Uma solução para minimizar este problema é ir de vez em quando "esticar as pernas" ao carro com uma volta em A.E.

Em viagens grandes e a velocidades mais altas, comparativamente com as condições de condução em cidade, esta questão é minimizada, porque o motor atinge temperaturas mais altas, o suficiente para reduzir as partículas emitidas e a queima do combustível ser feita de forma mais eficiente.

Para quem não sabe, o fap o que faz é incinerar as partículas de maior dimensão para que fiquem mais pequenas. Se durante a queima a temperatura do motor, mais rigorosamente, a temperatura dos gases for suficientemente elevada para reduzir o tamanho das partículas, menos trabalho terá o fap. Essa temperatura elevada só se obtém com combustível, se corta-se o combustível obrigatoriamente a temperatura dos gases vai diminuir, não há volta a dar Wink

Companheiro, sem ofensa, essa sua teoria técnica está longe de ser a realidade daquilo que é o fix e até funcionamento destes carros.

Aquilo que esta acção/correcção veio fazer aos carros, uma menor injecção de gasóleo e respectiiva pressão, pode traduzir-se nalguma perda de potência, notória  no arranque e relantim, mas em altas/médias aumentou a potência.

Mais, ao contrário do que afirma, as temperaturas aumentaram porque o início da injecção foi atrasado e porque a readmissão de gases de escape também aumentou.

Outra, o aumento de consumo deve-se essencialmente ao substancial aumento de regenerações (cerca de três vez mais que anteriormente) para supostamente baixar o NOx, sendo que, como certamente saberá, ou aparentemente não, estas, neste e outros carros são efectuadas com recurso a gasóleo injectado no FAP para aí elevar a temperatura e se dar a queima, logo, ao haver mais regenerações, há mais consumo de gasóleo e, nalguns relatos, menos disponibilidade do carro.

O resto é também senso comum e nada de partículas maiores, seja lá isto o que for, é apenas e só um desgaste prematuro de componentes já com alguns quilómetros, que até aqui estavam a trabalhar num determinado regime e de um momento para o outro são forçados a outro regime, até para o qual não foram originalmente estudados, entre os quais, injectores já adaptados que levam um "reset", EGR que passa a estar mais tempo aberta que estava até ao fix, o FAP que passa a trabalhar três vezes mais, etc, etc.

OPC
Cabo-Excepção
Cabo-Excepção

Masculino
Idade : 41
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 120

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por Gif em Dom 21 Jan 2018, 17:40

opc, como já mostrei antes, o NOx gera-se a temperaturas altas. A egr trabalha no sentido de baixar as temperaturas e consequentemente a redução das emissões de NOx.
As particulas resultantes da combustão do gasóleo são reduzidas no fap a altas temperaturas. Se baixa a temperatura de combustão logicamente que as partículas geradas são de maior dimensão que as geradas quando a temperatura de combustão é mais elevada.

O facto da egr trabalhar mais e mais cedo, irá retirar energia (O2) à combustão, porque os gases já queimados, não são combustíveis e só ocupam espaço, o que irá fazer com que o motor tenha menor desempenho, o que obrigará a ter que acelerar mais para ter o mesmo desempenho que antes.

Os problemas que surgem são os comuns problemas dos motores diesel de hoje em dia, mas a diferença é que se estão a manifestar mais cedo e mais vezes do que antes.

Agora o que interessa é que a vw enganou os clientes, nos eua indemnizou-os e na europa voltou a engana-los lol
Mas se os clientes tivessem comprado os carros já com o software novo, e a terem os mesmos problemas que têm depois da actualização continuavam a andar todos contentes como andavam antes de se falar no escândalo e continuavam a afirmar que a vw é que é boa.
Mas como agora foram obrigados a mudar da "lebre" para  "gato", é que se queixam.
avatar
Gif
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 40
Profissão : tratorista
Nº de Mensagens : 246
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por Alvaro Carvalho em Dom 21 Jan 2018, 19:00

Uma coisa é certa.


Os TDI´s  sempre foram mais fumarentos que os DCi, CDI. HDI etc. 
Tambem sao mais bruscos.


Eu tenho um TDI ,um DCI e um D, e já tive outros DCI´s e realmente nao tem comparaçao...

Alvaro Carvalho
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 60
Profissão : GNR/ Reserva,quase na reforma...
Nº de Mensagens : 874
Meu alistamento : Setembro de 1975! Cap Aguiar, como Comandante de Companhia
MAS,FINALMENTE NA REFORMA!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por moralez em Dom 21 Jan 2018, 19:52

Alvaro Carvalho escreveu:Uma coisa é certa.


Os TDI´s  sempre foram mais fumarentos que os DCi, CDI. HDI etc. 
Tambem sao mais bruscos.


Eu tenho um TDI ,um DCI e um D, e já tive outros DCI´s e realmente nao tem comparaçao...
Depende da estima.
O meu TDi já conta com mais de 180 mil e zero de fumos. Ao passo que se vêm outros com menos quilómetros a deitar já algum fumo.

_____________________________________________
avatar
moralez
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 33
Profissão : Militar G.N.R.
Nº de Mensagens : 5735
Mensagem : Os chibos andam aí!
Que nem ratinhos escondidos...
Meu alistamento : 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por Gif em Seg 22 Jan 2018, 08:15

Fumo significa poluição.
Depois ainda há uns inteligentes que põem os carros a deitar fumo tipo locomotiva da cp de proposito.
tal como o moralez diz, só faz fumo quem se descuida na manutenção. Existem vários factores que influenciam o trabalhar do motor, desde condução, filtros até ao próprio combustível, se uma pessoa não for cuidadosa arruina um motor diesel em 3 tempos.
avatar
Gif
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 40
Profissão : tratorista
Nº de Mensagens : 246
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por moralez em Sab 03 Fev 2018, 09:57

moralez escreveu:Nem de propósito.
Ontem o meu mecânico ligou-me a dizer se eu queria meter o ficheiro de fábrica na centralina.
Nem hesitei. Vai ser já esta semana.
E já fiz o rollback.

_____________________________________________
avatar
moralez
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 33
Profissão : Militar G.N.R.
Nº de Mensagens : 5735
Mensagem : Os chibos andam aí!
Que nem ratinhos escondidos...
Meu alistamento : 2004

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por OPC em Sab 03 Fev 2018, 22:49

moralez escreveu:
Alvaro Carvalho escreveu:Uma coisa é certa.


Os TDI´s  sempre foram mais fumarentos que os DCi, CDI. HDI etc. 
Tambem sao mais bruscos.


Eu tenho um TDI ,um DCI e um D, e já tive outros DCI´s e realmente nao tem comparaçao...
Depende da estima.
O meu TDi já conta com mais de 180 mil e zero de fumos. Ao passo que se vêm outros com menos quilómetros a deitar já algum fumo.

Num diesel recente, seja ele TDI, HDI, DCi, etc equipado com filtro de partículas não é fácil veres fumo e se o vieres só pode significar uma coisa: FAP anulado.

OPC
Cabo-Excepção
Cabo-Excepção

Masculino
Idade : 41
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 120

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por Gif em Sab 03 Fev 2018, 22:50

já agora....

http://peticaopublica.com/viewsignatures.aspx?pi=P2012N32498
avatar
Gif
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 40
Profissão : tratorista
Nº de Mensagens : 246
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por zorro em Seg 05 Fev 2018, 10:09

OPC escreveu:O meu continua como veio de fábrica e até que LEGALMENTE seja obrigado a levar o fix, vai continuar assim. Se está bom, não mexe!

A "querida" SIVA que continue a enviar-me cartas registadas, ameaças com blacklists, convites para checkups e actualizações de GPS gratuitos ou o que quer que seja que logo me lá apanham.


Sou da mesma opinião, o meu continua igual.    Fixe




já agora...

http://peticaopublica.com/pview.aspx?pi=dieselgate
avatar
zorro
Guarda
Guarda

Masculino
Idade : 34
Profissão : militar da GNR
Nº de Mensagens : 56
Meu alistamento : 2007

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Carros que não forem reparados impedidos de circular

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares