PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Em Curso PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por иuησ em Seg 26 Jun - 21:42

A Associação dos Profissionais da GNR diz que a Estrada Nacional 236-1, onde morreram 47 pessoas, não foi cortada devido à falta de meios e a falhas nas comunicações.

http://sicnoticias.sapo.pt/especiais/tragedia-em-pedrogao-grande/2017-06-26-GNR-diz-que-estrada-da-morte-nao-foi-cortada-devido-a-falhas-nas-comunicacoes#

COM VIDEO


Última edição por иuησ em Seg 26 Jun - 21:48, editado 1 vez(es)
avatar
иuησ
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR Cavª
Nº de Mensagens : 14413
Mensagem :
Nuno Miguel Guedes

Coordenador da Região de Lisboa

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA GUARDA - APG/GNR


Qui pugnat perdere potest. Qui non pugnat iam perdidit!
Meu alistamento : 2000 - AIP

https://www.apg-gnr.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por иuησ em Seg 26 Jun - 21:45

Militares da GNR denunciam falta de meios no fogo de Pedrógão

26 DE JUNHO DE 2017 - 07:10

Nuno Guedes

Associação dos Profissionais da Guarda diz que falta de militares a fazer patrulhas e falhas no SIRESP travaram corte da mortal Nacional 236.

Alguns dos militares da GNR envolvidos no grande incêndio que matou 64 pessoas no último fim de semana meteram baixa psicológica.

A informação é avançada à TSF pela Associação dos Profissionais da Guarda (APG) que diz que muitos militares encontram-se indignados com alguns comentários ao trabalho da GNR e com a ministra da Administração Interna que abriu um inquérito "parecendo dar logo à partida responsabilidades aos guardas que estiveram no local" por não terem cortado a fatídica Estrada Nacional 236 onde morreram 47 pessoas.

O presidente da associação, César Nogueira, esperou alguns dias para reagir a este caso mas explica que depois de recolheram elementos confirmaram que em cada um dos três concelhos afetados (Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pêra) existiam apenas dois homens num carro em patrulha.

Ou seja, perante um incêndio daqueles dimensões, o efetivo ao serviço era nitidamente curto, num cenário de "falta de meios".

César Nogueira garante que o problema naquele dia esteve na falta de efetivo e na falta de comunicações que de facto aconteceu com a quebra do SIRESP que confirmou junto de vários militares que estiveram no terreno.

O representante dos militares da GNR conta que o posto de Pedrógão Grande só tem 15 pessoas e deveria ser o dobro, sendo que, naturalmente, com as escalas, folgas e férias, naquele dia só estavam dois de patrulha mais um no posto.

Um problema que para César Nogueira se podia resolver se metade dos 23 mil profissionais da GNR não estivessem "em gabinetes", em funções burocráticas ou administrativas, fora do trabalho operacional no terreno: "Quem não cortou a estrada não o fez porque não tinha informação e", sublinha, "eram apenas dois homens".

César Nogueira conta que, apesar do acompanhamento psicológico que estão a ter, alguns militares meteram baixa psicológica porque sentem que fizeram tudo o que podiam e acabaram por não conseguir salvar dezenas de pessoas da morte.

Estão "tremendamente afetados", afirma, ainda por cima porque "estão a tentar colocá-los num imbróglio como se fossem culpados de tudo e mais alguma coisa"
http://www.tsf.pt/sociedade/interior/militares-da-gnr-denunciam-falta-de-meios-no-fogo-de-pedrogao-8590770.html

COM AUDIO
avatar
иuησ
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR Cavª
Nº de Mensagens : 14413
Mensagem :
Nuno Miguel Guedes

Coordenador da Região de Lisboa

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA GUARDA - APG/GNR


Qui pugnat perdere potest. Qui non pugnat iam perdidit!
Meu alistamento : 2000 - AIP

https://www.apg-gnr.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por martins7 em Seg 26 Jun - 22:23

Ando a aconselhar os patrulheiros a pedir transferência para os Programas Especiais, secretarias, inquéritos DI ou outro serviço qualquer que não seja patrulha "NUM POSTO TERRITORIAL"... em alguns desses serviços até ganham mais. Enquanto forem patrulheiros vão ter sempre que justificar o que corre bem e o menos bem a tudo e a todos.
avatar
martins7
Cabo-Mor
Cabo-Mor

Masculino
Idade : 37
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 313
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por COELHO.X em Seg 26 Jun - 22:52

Esta mais do que na altura, do patrulheiro se UNIR a uma só voz....
E mais nao digo, senão caí o carmo e a trindade!!!!
avatar
COELHO.X
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 5018
Mensagem : Passam Céleres Altivos e Impenetráveis..é a Cavalaria que Passa!
"Para ter inimigos, não precisa declarar guerras, apenas diga o que pensa..."

Martin Luther King

Meu alistamento : (1999) Século Passado!!Há pois é.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por иuησ em Seg 26 Jun - 23:26

avatar
иuησ
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR Cavª
Nº de Mensagens : 14413
Mensagem :
Nuno Miguel Guedes

Coordenador da Região de Lisboa

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA GUARDA - APG/GNR


Qui pugnat perdere potest. Qui non pugnat iam perdidit!
Meu alistamento : 2000 - AIP

https://www.apg-gnr.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por Carlos S. em Ter 27 Jun - 9:51

Enquanto nao se mentalizarem que o patrulheiro é a melhor valencia da Guarda e não nos derem o devido valor, tragédias destas vão acontecer mais vezes infelizmente.
avatar
Carlos S.
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 28
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 276
Meu alistamento : CFP 2012


Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por Rochita em Ter 27 Jun - 11:09

é para verem a realidade.....
conforme é no pedrogão é em muitos mais.
Desde que entrou o horário de referencia tem sido assim.....no meu posto tem dias que ´so temos um piquete....quando ainda o ano passado tinha-mos todos os piquetes....juntando a isso 2 ou 3 baixas + 1 militar que foi pa uma chafarica externa e outro interna....é isto
avatar
Rochita
Cabo-Mor
Cabo-Mor

Masculino
Idade : 31
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 323
Mensagem : "a vida é dura para quem é mole..."
Meu alistamento : 1900 e troca o passo....

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por CFO2000 em Ter 27 Jun - 12:28

Como é possivel depois de tão grande tragédia, ninguém conseguir dizer a verdade?????!!!!! Ou as verdades.
Até dá dó ouvir civis, mas também militares a falar deste assunto. Como é que alguém minimamente informado pode imputar à falha de comunicações algo que ainda ninguém veio alegar??? Por acaso alguém tentou informar outrem que determinada via tinha de ser interdita???? Não me apercebi.

Na minha opinião, se eventualmente houve falhas de rede não foi essa a causa de qualquer mau serviço prestado ao povo, mas sim, a realidade que vai por esse Portugal a fora. As diversas entidades só falam em festas e cerimónias, no resto cada um tem a sua quinta. "Pode ser pequena, mas é minha."

Este caso mais parece um festim, do qual ninguém quer ser excluído.
avatar
CFO2000
Furriel
Furriel

Feminino
Idade : 43
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 492
Meu alistamento : O melhor de sempre

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por ROSINHA53 em Ter 27 Jun - 12:37

Nada a dizer. A falta de efetivo nos postos é gritante. Não porque exista pouco efetivo, mas sim porque está mal distribuído. Já o disse. Nada tenho contra os meus companheiros. No entanto, a GNR apesar de ser uma força de cariz militar é, na sua essência e valências uma Polícia de competência genérica. Assim, só tenho a acrescentar que se nos formaram para polícias é para desempenharmos missões policiais. Retirem os ofícios e benefícios que existem pela GNR fora e os serviços administrativos que sejam efetuados por civis.

Mais, com algumas conversas parece que o problema da falta de efetivo é o novo horário. Tenham juízo. Metam o pessoal a trabalhar na rua e saquem-nos dos buracos que há pessoal de sobra para tudo.
avatar
ROSINHA53
Cabo-Mor
Cabo-Mor

Masculino
Idade : 57
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 309
Mensagem : UM HORÁRIO DE TRABALHO
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por Rochita em Ter 27 Jun - 13:07

ROSINHA53 escreveu:Nada a dizer. A falta de efetivo nos postos é gritante. Não porque exista pouco efetivo, mas sim porque está mal distribuído. Já o disse. Nada tenho contra os meus companheiros. No entanto, a GNR apesar de ser uma força de cariz militar é, na sua essência e valências uma Polícia de competência genérica. Assim, só tenho a acrescentar que se nos formaram para polícias é para desempenharmos missões policiais. Retirem os ofícios e benefícios que existem pela GNR fora e os serviços administrativos que sejam efetuados por civis.

Mais, com algumas conversas parece que o problema da falta de efetivo é o novo horário. Tenham juízo. Metam o pessoal a trabalhar na rua e saquem-nos dos buracos que há pessoal de sobra para tudo.

Sim os buracos tem muita gente que poderia andar na rua....
mas vejo pelo meu posto, em que de um ano para  outro o facto da mudança de horario, temos muitos dias em que sobrepoem 2 grupos de folgas no mesmo dia....ou seja 6 homens + 3 que estejam de férias + baixas e os secretários....vejam como está.....é assim
avatar
Rochita
Cabo-Mor
Cabo-Mor

Masculino
Idade : 31
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 323
Mensagem : "a vida é dura para quem é mole..."
Meu alistamento : 1900 e troca o passo....

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por matulão em Ter 27 Jun - 13:28

Foi uma conclusão q cheguei logo, um fogo desta dimensão, com o n.º de estradas e de Aldeias existentes, a Guarda não tem patrulheiros no imediato para dar resposta! Só quem não conhece ou não quer conhecer a realidade da GNR é q não sabe isso. Deixem estar o horário que está mto bom.
Agora com trabalho escravo não obrigado, sou patrulheiro gosto do que faço.
avatar
matulão
2º Sargento
2º Sargento

Feminino
Idade : 43
Profissão : patrulheirissimo
Nº de Mensagens : 945
Mensagem : Continua-se a verificar que hoje em dia as rotundas é que dão dinheiro com operações stop e a velha história do polícia perseguir o ladrão já deixou de ser cliché há muito.
Meu alistamento : 99/00

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por Rochita em Ter 27 Jun - 14:02

matulão escreveu:Foi uma conclusão q cheguei logo, um fogo desta dimensão, com o n.º de estradas e de Aldeias existentes, a Guarda não tem patrulheiros no imediato para dar resposta! Só quem não conhece ou não quer conhecer a realidade da GNR é q não sabe isso. Deixem estar o horário que está mto bom.
Agora com trabalho escravo não obrigado, sou patrulheiro gosto do que faço.

Tal e qual Matulão!!!
avatar
Rochita
Cabo-Mor
Cabo-Mor

Masculino
Idade : 31
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 323
Mensagem : "a vida é dura para quem é mole..."
Meu alistamento : 1900 e troca o passo....

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por Edr See em Ter 27 Jun - 14:35

martins7 escreveu:Ando a aconselhar os patrulheiros a pedir transferência para os Programas Especiais, secretarias, inquéritos DI ou outro serviço qualquer que não seja patrulha "NUM POSTO TERRITORIAL"...
Aqui esta uma medida que se fosse bem concertada, faria correr muita tinta!
E não ponham a culpa ao horário, que nunca foi tão bom para os patrulheiros dos postos territoriais, a gestão dos recursos humanos é o que se vê!
avatar
Edr See
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 37
Profissão : Militar das Forças de Segurança
Nº de Mensagens : 5802
Mensagem : Tenho fé que um dia a instituição seja mais justa para com os seus elementos...
Meu alistamento : 01SET03 - GIA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por COELHO.X em Ter 27 Jun - 16:55

Qual horário qual carapuça, leio com cada coisa, o problema ha muitos anos que esta na distribuição dos recursos humanos, abre se chafaricas por tudo e por nada, e vao buscar homens sempre ou quase sempre ao mesmo sitio, aos postos.
Eu faço o meu trabalho como patrulheiro com brio e profissionalismo, se não ha homens e nao chegam é um problema que ja me ultrapssa.
avatar
COELHO.X
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 5018
Mensagem : Passam Céleres Altivos e Impenetráveis..é a Cavalaria que Passa!
"Para ter inimigos, não precisa declarar guerras, apenas diga o que pensa..."

Martin Luther King

Meu alistamento : (1999) Século Passado!!Há pois é.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por JNSilva em Ter 27 Jun - 18:05

99% dos postos territoriais trabalham assim.
Sem efectivo. Graças a Deus vai correndo +/- bem.
avatar
JNSilva
Furriel
Furriel

Masculino
Idade : 43
Profissão : Guarda Infantaria GNR
Nº de Mensagens : 488
Meu alistamento : Nov 1997

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por DNS em Ter 27 Jun - 18:17

Rochita escreveu:é para verem a realidade.....
conforme é no pedrogão é em muitos mais.
Desde que entrou o horário de referencia tem sido assim.....no meu posto tem dias que ´so temos um piquete....quando ainda o ano passado tinha-mos todos os piquetes....juntando a isso 2 ou 3 baixas + 1 militar que foi pa uma chafarica externa e outro interna....é isto
Por essa ordem de ideias, se houver efetivo folgas, se não houver trabalhas 24 sobre 24?
Os guardas como o resto do povo tem direito a horario e folgas. Se não há efetivo arranjem-no... olha vão busca-lo a lisboa que estão lá 6000 guardas a fazer não sei o que!
avatar
DNS
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 106
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 666
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por FORASTEIRO em Ter 27 Jun - 20:22

martins7 escreveu:Ando a aconselhar os patrulheiros a pedir transferência para os Programas Especiais, secretarias, inquéritos DI ou outro serviço qualquer que não seja patrulha "NUM POSTO TERRITORIAL"... em alguns desses serviços até ganham mais. Enquanto forem patrulheiros vão ter sempre que justificar o que corre bem e o menos bem a tudo e a todos.
militar militar militar Fixe Fixe Fixe
avatar
FORASTEIRO
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 48
Profissão : agente gnr
Nº de Mensagens : 5585
Mensagem : " Responder à ofensa com ofensa é lavar a alma com lama.

O silêncio é um dos argumentos mais difíceis de se rebater. "

Dalai Lam.


Meu alistamento : já faltou mais.!!!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por FORASTEIRO em Ter 27 Jun - 20:25

DNS escreveu:
Rochita escreveu:é para verem a realidade.....
conforme é no pedrogão é em muitos mais.
Desde que entrou o horário de referencia tem sido assim.....no meu posto tem dias que ´so temos um piquete....quando ainda o ano passado tinha-mos todos os piquetes....juntando a isso 2 ou 3 baixas + 1 militar que foi pa uma chafarica externa e outro interna....é isto
Por essa ordem de ideias, se houver efetivo folgas, se não houver trabalhas 24 sobre 24?
Os guardas como o resto do povo tem direito a horario e folgas. Se não há efetivo arranjem-no... olha vão busca-lo a lisboa que estão lá 6000 guardas a fazer não sei o que!

Rochita, quando não houver efetivo, o teu Cmdt que vá para a rua....
avatar
FORASTEIRO
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 48
Profissão : agente gnr
Nº de Mensagens : 5585
Mensagem : " Responder à ofensa com ofensa é lavar a alma com lama.

O silêncio é um dos argumentos mais difíceis de se rebater. "

Dalai Lam.


Meu alistamento : já faltou mais.!!!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por Rochita em Ter 27 Jun - 22:27

FORASTEIRO escreveu:
DNS escreveu:
Rochita escreveu:é para verem a realidade.....
conforme é no pedrogão é em muitos mais.
Desde que entrou o horário de referencia tem sido assim.....no meu posto tem dias que ´so temos um piquete....quando ainda o ano passado tinha-mos todos os piquetes....juntando a isso 2 ou 3 baixas + 1 militar que foi pa uma chafarica externa e outro interna....é isto
Por essa ordem de ideias, se houver efetivo folgas, se não houver trabalhas 24 sobre 24?
Os guardas como o resto do povo tem direito a horario e folgas. Se não há efetivo arranjem-no... olha vão busca-lo a lisboa que estão lá 6000 guardas a fazer não sei o que!

Rochita, quando não houver efetivo, o teu Cmdt que vá para a rua....

Quanto ao horário não me queixo.....ta mais que bom Smile
Referi-me ao horário porque noto uma grande diferença este ano no mesmo local comparado com o ano passado.....apenas isso
E essa falta de pessoal noto na quantidade de ocorrencias que tenho apanhado mais este ano fora da ZA por não haver piquetes no posto ao lado e vice-versa.....
avatar
Rochita
Cabo-Mor
Cabo-Mor

Masculino
Idade : 31
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 323
Mensagem : "a vida é dura para quem é mole..."
Meu alistamento : 1900 e troca o passo....

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por matrix2020 em Qua 28 Jun - 20:03

O horário de referência, foi talvez a maior justiça que alguém fez com os patrulheiros nos últimos 30 anos!
avatar
matrix2020
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 41
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 751
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por иuησ em Qua 28 Jun - 20:18

matrix2020 escreveu:O horário de referência, foi talvez a maior justiça que alguém fez com os patrulheiros nos últimos 30 anos!

Sem dúvida alguma...
avatar
иuησ
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR Cavª
Nº de Mensagens : 14413
Mensagem :
Nuno Miguel Guedes

Coordenador da Região de Lisboa

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA GUARDA - APG/GNR


Qui pugnat perdere potest. Qui non pugnat iam perdidit!
Meu alistamento : 2000 - AIP

https://www.apg-gnr.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por MiguelBarrancos em Qua 28 Jun - 20:38

E ainda assim fica muito aquém do esperado... Há atropelos ao horário e de que maneira, e os "logisticos" ainda são muito beneficiados.
avatar
MiguelBarrancos
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 37
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 727
Mensagem : camaradagem era a solução para metade dos nossos problemas...
Meu alistamento : 2003

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por FLOCO DE NEVE em Qua 28 Jun - 21:18

PAÍS DE BRANDOS COSTUMES.
GRAÇAS A DEUS.
Quanto a determinados comentários, ...
Se alguém se interessar em saber quem trabalha, que pesquise...
Falta de efetivo?,... Horário de referência?,... Antes era assim e agora é assado,...?
Se algum dia se levanta o JULIAN ASSANGE português,...
avatar
FLOCO DE NEVE
Furriel
Furriel

Masculino
Idade : 43
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 402
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por dragao em Qua 28 Jun - 22:35

Afinal quem está a faltar à verdade!!!! nas primeiras horas 10 militares!!!!

Ministra diz que era preciso um GNR em cada ponto para cortar totalmente a EN236

A ministra da Administração Interna, Constança Urbano de Sousa, disse, esta quarta-feira, que, para garantir o corte integral da Estrada Nacional 236-1, seria necessário um elemento da GNR em cada um dos ponto de acesso, que são múltiplos.

"Se tivesse sido possível encerrar aquela estrada, em todas as suas vias de acesso, que são múltiplas e que implicava em cada uma pelo menos um homem. Tenho eu garantias ao dia de hoje, que além daqueles pessoas, esses homens também poderiam ter falecido nesse corte. É uma das questões que, muitas vezes, me coloco e infelizmente para qual eu não tenho resposta", disse a ministra no parlamento ao ser ouvida acerca dos recentes incêndios na Região Centro, que provocaram 64 mortos e mais de 200 feridos.

Constança Urbano de Sousa, que esta quarta-feira esteve durante cerca de três horas a ser ouvida na comissão parlamentar Comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos, Liberdades e Garantias, esclareceu que "não foi cortada" a Estrada Nacional 236-1, onde morreram 47 pessoas encurraladas pelas chamas devido ao incêndio que deflagrou a 17 de junho em Pedrógão Grande.

A ministra adiantou que esta estrada "não é uma autoestrada", tem "múltiplos acessos" e várias "vias secundárias", sublinhando que o primeiro registo que existe em relação a esta via é o acidente que envolveu o carro de bombeiros e que provocou a morte a um bombeiro.

Na comissão, Constança Urbano de Sousa esclareceu que, às 14 horas do dia 17 de junho, estavam ao serviço da GNR naquele zona 10 militares, contrariando informações avançados que davam conta que o posto da Guarda Nacional Republicana de Pedrógão Grande estava a funcionar com três elementos.

"Muito se tem dito sobre a prestação da GNR e o que se tem dito é injusto", afirmou, avançando que às 16 horas desse dia, "ainda antes do momento mais critico deste incêndio", estavam ao serviço 31 militares, efetivo que foi sendo progressivamente reforçado.

A ministra garantiu ainda que a resposta operacional ao incêndio de Pedrógão Grande "foi imediata em termos de alerta inicial".

"O primeiro alerta foi dado às 14.43 e, logo desde a primeira hora, foram acionados meios de ataque inicial, incluindo um helicóptero, duas horas depois já estavam acionados muitos reforços e foram sendo sucessivamente acionados vários reforços", afirmou.

"A partir de uma determinada hora, algo que se pode situar pelas 19.30, há uma enorme explosão de focos de incêndio para todos os lados", realçou.

Os incêndios que deflagraram na região centro, há uma semana, provocaram 64 mortos e mais de 200 feridos e só foram dados como extintos no sábado.

Mais de dois mil operacionais estiveram envolvidos no combate às chamas, que consumiram 53 mil hectares de floresta, o equivalente a cerca de 75 mil campos de futebol.
in: JN
avatar
dragao
Cmdt Interino
Cmdt Interino

Masculino
Idade : 49
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 19441
Mensagem : Ler as Regras ajuda a compreender o funcionamento do fórum!
Meu alistamento : Já viste este novo campo no teu perfil?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por DNS em Qui 29 Jun - 7:44

matrix2020 escreveu:O horário de referência, foi talvez a maior justiça que alguém fez com os patrulheiros nos últimos 30 anos!
Ainda não está afinado.
Deve passar a 35h ou 36h.
As patrulhas devem passar a 6 horas.
Deve haver descanso de 12h entre serviços.
Gratificados fora do horario só voluntarios.
Tudo o que passe do normal horario (ocorrencias que estendem-se por mais horas, detenções, tribunais, etc) têm de passar a ser efetivamente contabilizadas!
avatar
DNS
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 106
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 666
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: PEDRÓGÃO GRANDE - Dois militares no terreno e um no posto da GNR no dia da tragédia

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares