Barras Energéticas e Corrida: Quais e Porquê?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Barras Energéticas e Corrida: Quais e Porquê?

Mensagem por Raí em Qui 15 Jun 2017, 15:03



As barras energéticas são hoje um dos snacks favoritos dos atletas por diversas razões: são saborosas, convenientes e relativamente saudáveis. Mas com centenas de marcas e sabores, potenciadas pelo marketing de um produto que está hoje em dia “na moda”, sabemos escolher as melhores opções?

Como escolho a “minha” barra?

Primeiramente, tal como em todos os produtos alimentares embalados, é importante saber olhar para os rótulos e saber interpretar a sua leitura. Muitas barras são de facto saudáveis, com boas quantidades de proteína e sem gorduras saturadas mas encontramos muitas outras com gorduras hidrogenadas (altamente prejudicial para a saúde), níveis elevados de hidratos de carbono ou com açucares álcoois (cuja relação custo/benefício é ainda discutível).
É certo que não devemos ter como principio frequente substituir refeições por barras energéticas mas ainda assim, será quase sempre melhor, que optar por uma alimentação do tipo Fast food, em dias em que não temos tempo para mais opções. Ainda assim, não olhes apenas para as bonitas embalagens, a zona do rótulo (sempre mais escondida) deve ser o guia para a tua opção.

Qual o meu objectivo após o consumo?

Saber escolher a melhor opção vai depender essencialmente do efeito pretendido após o consumo da barra. Quando precisamos de um aporte de energia rápido, antes de um treino, será uma boa opção apostar numa barra mais rica em hidratos de carbono, de preferência de absorção rápida pelo organismo, de modo a que forneça energia durante o treino. Se, a necessidade for durante o treino, podem optar por barras em que o mel seja um dos ingredientes. O mel contém frutose e glicose. Estudos mostram que consumir esses dois tipos de hidratos de carbono combinados aumenta a quantidade de energia disponível e melhora o desempenho. Alem disso, o mel contém vestígios de vitaminas B, cálcio e ferro. Se o objectivo for substituir um almoço é importante considerar a quantidade de proteínas, hidratos de carbono e boas gorduras (por exemplo frutos secos).
As opções são inúmeras por isso a escolha deve ser ponderada e considerada mediante o objectivo. Se, ainda assim quiseres ter melhor controlo sobre aquilo que estás a consumir nada melhor que fazer barras energéticas caseiras. Deixamos-te uma receita prática, rica em proteína vegetal e com ‘bons’ hidratos de carbono. Experimenta.
 

Barra energética caseira

Ingredientes:
50g de amêndoas ou amendoins, 60g flocos de aveia, 12g tâmaras sem caroço, 40 gramas de semente de canhamo, 2 colheres de sopa de farinha de alfarroba.
Confecção:
Num processador de alimentos colocar as amêndoas e a aveia e triturar, até ficarem picadas. Juntar as tâmaras, as sementes de cânhamo e a alfarroba e triturar tudo até formar uma massa compacta. Forrar uma forma rectangular ou quadrada pequena com papel vegetal ou película aderente. Achatar toda a massa para que fique uniforme. Levar ao frigorífico por pelo menos 1 hora. Cortar a massa em barras e guardar no frigorífico (duram cerca de 7 dias e podem ser congeladas).
Bom apetite e bons treinos!
 

Os conselhos anteriores não substituem a importância de um acompanhamento nutricional adequado tendo em consideração as necessidades especificas de cada um.


Fonte_GuardaRunners

_____________________________________________

avatar
Raí
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 44
Profissão : Militar da G.N.R
Nº de Mensagens : 1525
Mensagem : Antes de me criticares tenta superar-me
Meu alistamento : 1995

http://www.g-sat.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares