Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Em Curso Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por dragao em Sab 15 Out 2016, 01:18

No próximo ano, metade do subsídio de Natal será pago em duodécimos aos funcionários públicos e aos pensionistas. O Governo prolonga em novos termos o regime que o primeiro-ministro tinha indicado que queria eliminar.
O regime de pagamento dos duodécimos vai ser estendido ao próximo ano, mas em termos distintos. Os funcionários públicos e os reformados do Estado vão receber só metade do subsídio de Natal em duodécimos, de acordo com a proposta preliminar de Orçamento do Estado para 2017.
Desde 2013 que o subsidio de Natal de funcionários e de pensionistas integralmente pago em duodécimos. O documento prevê que os funcionários públicos recebem 50% do subsídio de Natal em Novembro e que os pensionistas da CGA recebam 50% do subsídio de Natal em Dezembro. O resto será pago em duodécimos. 

Ao contrário do que acontece no privado, não está prevista neste documento qualquer possibilidade de opção. O ministério das Finanças afirmou esta semana que isso poderia gerar problemas informáticos.

O regime de duodécimos foi introduzido em 2013 para atenuar a percepção dos efeitos do "enorme aumento de impostos" e dos cortes salariais e nas pensões.

Antes das eleições, o primeiro-ministro tinha prometido anular a medida. A mesma proposta preliminar de orçamento para o próximo ano prevê que o regime desapareça em 2018. "A partir de 2018, o subsídio de Natal é pago integralmente, nos termos da lei", lê-se no documento. Trata-se de uma intenção que terá de ser confirmada no próximo ano.

No sector privado, o regime de duodécimos será estendido a 2017 nos mesmos termos em que sempre existiu: os trabalhadores vão poder optar entre receber metade do subsídio de Natal e metade do subsídio de férias em duodécimos ou, em alternativa, receber os subsídios na íntegra nas datas tradicionais.
in: Negócios

dragao
Cmdt Interino
Cmdt Interino

Masculino
Idade : 48
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 17464
Mensagem : Ler as Regras ajuda a compreender o funcionamento do fórum!
Meu alistamento : Já viste este novo campo no teu perfil?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por Estranho em Sab 15 Out 2016, 10:58

Portanto, para o ano, teremos um corte no vencimento mensal efectivo de cerca de 50€.
Por mim podiam ter deixado ficar a sobretaxa e devolviam era o corte...

Estranho
Furriel
Furriel

Masculino
Idade : 35
Profissão : Militar GNR
Nº de Mensagens : 409
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por Ark em Sab 15 Out 2016, 17:16

SEJAMOS REALISTAS...

Esta tática é simples e só não vê quem não quer !

Dão metade em novembro para a malta que tem pouco auto controle o "queimar" logo em prendas de natal: quem ganha ? os cofres !
Depois dão um docinho mensal... menos 50 euros.

Esta tática ja foi utilizada recentemente: o irs vou devolvido em valores errados a uma boa percentagem do povo, que não estivesse atento, faria como muitos fazem, utilizar o respectivo para liquidar algumas despesas, seguros etc... quando depois são informados que têm de devolver X... resumindo, o outro foi todo para os cofres e o que falta... sai do bolso... para os cofres.

E depois as desculpas são erros informáticos.

Cá estaremos em 2017 para ver a vergonha da declaração automatica. Vão ser erros atras de erros, gente idosa a perder muito dinheiro porque não vão e não sabem validar certas coisas online.

Não se iludam, a realidade é esta: está tudo feito para o mesmo... encher os cofres, de alguns...

Congelamentos novamente em 2017. Para alguns são já 2 anos de estagnação de progressão, para não falar nos índices que nunca foram colocados, mas é giro para estar no papel fantasma.

Obrigado a quem meteu estes meninos e os anteriores lá ( eu não fui e tenho de levar com eles ).

Continuamos a assistir a acontecimentos trágicos infelizmente, no entanto o respeito por nós continua igual a zero ! meros números, quando no activo... e na hora do adeus ( pré reforma )

Ark
1º Sargento
1º Sargento

Masculino
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 1185

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por CARI2013 em Ter 10 Jan 2017, 16:42

Tabelas de Retenção na Fonte - Utilização Indevida              
                                                                              
«Nos termos do nº2 do art.º 99º do Código do IRS, OS TITULARES DE RENDIMENTOS  DO TRABALHO DEPENDENTE E DE PENSÕES, SÃO OBRIGADOS, A ATUALIZAR A INFORMAÇÃO  FISCAL, SEMPRE QUE, em momento posterior, OCORRAM ALTERAÇÕES RELEVANTES.      
Informa-se ainda que,nos termos do nº3 do artigo 99º-F, aditado ao Código do  IRS, pela Lei nº82-E/2014, de 31DEC, A UTILIZAÇÃO INDEVIDA DAS TABELAS APLICÁVEIS A "CASADO,ÚNICO TITULAR", IMPLICA O PAGAMENTO DE JUROS COMPENSATÓRIOS  POR PARTE DO SUJEITO PASSIVO sobre a diferença entre a retenção na fonte devida e a retenção na fonte efectuada,pelo que se alerta para a necessidade de  os contribuintes verificarem a sua situação fiscal, a qual consta no Boletim  de Vencimentos no campo "Tabela IRS".»

CARI2013
Sargento-Mor
Sargento-Mor

Masculino
Idade : 34
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 2602
Mensagem : «Uma das maiores subtilezas da arte militar é nunca levar o inimigo ao desespero.»
(Michel de Montaigne)
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por Estranho em Ter 10 Jan 2017, 17:33

Sim, é o que diz o recibo.
Seria porreiro é que, quem se preocupa tanto com isso, se preocupasse tambem em emitir um boletim de vencimento que descriminasse efectivamente o que se recebe e se paga, sei lá, como se um militar pudesse e tivesse o direito de saber o que está a receber e a pagar...
Ou que, uma vez que até está previsto, começasse a ser preenchido o espaço dos remunerados no portal social.
Convenhamos que acredito que todos sabemos quanto é o nosso vencimento. Agora o que estão a pagar, referente a quê e o que estamos a descontar, é outra questão.
Já para não questionar, quantas vezes tem um militar de fornecer a mesma informação e a quantas secções, dentro da mesma instituição...

Gostava mesmo de ter um "Boletim de vencimento", em vez de uma folha, apenas com os totais do que se paga e se recebe,sem saber a que se refere... Sei lá, tipo um "Boletim de Vencimento".

Estranho
Furriel
Furriel

Masculino
Idade : 35
Profissão : Militar GNR
Nº de Mensagens : 409
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por jose alho em Ter 10 Jan 2017, 21:36

Um dos maiores embustes de contabilidade que conheci até hoje.
A minha profissão antes de vir para a Instituição era contabilista e sempre consegui informar no inicio do mês de Dezembro cada funcionário os seus descontos relativos ao Imposto Profissional e quando reparava que um determinado funcionário estava à beira de passar para o escalão seguinte informava-o que se por exemplo não fosse trabalhar nos últimos 15 dias do ano ficaria a ganhar pelo facto de assim se manter no escalão que estava posicionado.
O governo anterior lançou na folha de vencimento os duódecimos e assim nos iludiu a todos para não ficarmos estarrecidos com o choque brutal de tamanho roubo no vencimento. Porque a pergunta é : Quanto ganhas ao fim do mês?
Nada mais falso e assim nos foram enganando durante este tempo todo e este governo devagar vai pelo mesmo caminho para que o choque não seja tão sentido.

jose alho
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 83
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 1934
Mensagem : Presidente da ASPIG.

Comentador da crónica criminal da TVI

O primeiro e único comentador da Instituição.





Meu alistamento : 1986.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por Estranho em Ter 10 Jan 2017, 22:01

jose alho escreveu:Um dos maiores embustes de contabilidade que conheci até hoje.
A minha profissão antes de vir para a Instituição era contabilista e sempre consegui informar no inicio do mês de Dezembro cada funcionário os seus descontos relativos ao Imposto Profissional e quando reparava que um determinado funcionário estava à beira de passar para o escalão seguinte informava-o que se por exemplo não fosse trabalhar nos últimos 15 dias do ano ficaria a ganhar pelo facto de assim se manter no escalão que estava posicionado.
O governo anterior lançou na folha de vencimento os duódecimos e assim nos iludiu a todos para não ficarmos estarrecidos com o choque brutal de tamanho roubo no vencimento. Porque a pergunta é : Quanto ganhas ao fim do mês?
Nada mais falso e assim nos foram enganando durante este tempo todo e este governo devagar vai pelo mesmo caminho para que o choque não seja tão sentido.

Creio que esta seja a primeira vez que estou, francamente de acordo consigo.
Ainda estou à espera dos 1000€/ano que cortaram a partir de 2011 e se mantém.

Apenas posso perguntar: O que se está a fazer para que a folha que nos é disponibilizada passe a ser um Boletim de vencimento?
Quanto mais tempo se terá de esperar para que os remunerados apareçam no portal social?
E claro, uma vez que agora os remunerados até são pagos antes do serviço ser efetuado, quanto tempo vai a instituição reter o dinheiro de trabalho extra que o militar faz com prejuizo para o seu descanso e bem-estar? (Pessoalmente recebi este mês uma quantia referente a Dezembro, no entanto estou a aguardar que paguem julho, agosto, setembro, outubro e novembro).
O que mais me intriga é que quando questiono a que se refere, toda a gente responde que não faz ideia, mas depois nada é feito e assim fica... 
Compreendo que haja muito para discutir, mas acho sinceramente que não saber o que se recebe e paga é algo relevante (mas isso sou eu, porque a máxima do "paga tarde mas paga" parece ser mais importante...)

Estranho
Furriel
Furriel

Masculino
Idade : 35
Profissão : Militar GNR
Nº de Mensagens : 409
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por Guarda que anda à linha em Ter 10 Jan 2017, 22:13

Então mas só agora é que estão a abrir os olhos?

Por acaso já repararam também, que mesmo sem Troika, já conseguiram por os militares da Guarda a passarem há reforma no futuro para além dos 60 anos de idade, ou ainda nem sequer deram por isso?

Continuem enredados e preocupados com a treta do horário de referência, e um dia destes quando acordarem vão ver a volta que vamos levar.

Guarda que anda à linha
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 51
Profissão : Funcionário publico
Nº de Mensagens : 732
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por Maldisposto em Qua 11 Jan 2017, 19:31

Guarda que anda à linha escreveu:
Então mas só agora é que estão a abrir os olhos?

Por acaso já repararam também, que mesmo sem Troika, já conseguiram por os militares da Guarda a passarem há reforma no futuro para além dos 60 anos de idade, ou ainda nem sequer deram por isso?

Continuem enredados e preocupados com a treta do horário de referência, e um dia destes quando acordarem vão ver a volta que vamos levar.
 :bravo:

Maldisposto
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 54
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 263
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por jose alho em Qui 12 Jan 2017, 20:29

Criticar é fácil, aceitam-se tralhadores

jose alho
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 83
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 1934
Mensagem : Presidente da ASPIG.

Comentador da crónica criminal da TVI

O primeiro e único comentador da Instituição.





Meu alistamento : 1986.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por Fenixx em Qui 12 Jan 2017, 20:51

Então e os retroativos da Tabela Remuneratória??? Pois, nem todos os barcos andam ao mesmo vento

Fenixx
1º Sargento
1º Sargento

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 1119
Meu alistamento : 2001

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por Estranho em Qui 12 Jan 2017, 20:58

Quais retroativos?

Estranho
Furriel
Furriel

Masculino
Idade : 35
Profissão : Militar GNR
Nº de Mensagens : 409
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por иuησ em Qui 12 Jan 2017, 23:33

Fenixx escreveu:Então e os retroativos da Tabela Remuneratória??? Pois, nem todos os barcos andam ao mesmo vento

Esse processo AINDA aguarda decisão final no TA.

иuησ
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Idade : 40
Profissão : GNR Cavª
Nº de Mensagens : 13753
Mensagem :
Nuno Miguel Guedes

Coordenador da Região de Lisboa

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA GUARDA - APG/GNR

Meu alistamento : 2000 - AIP

https://www.apg-gnr.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por Fenixx em Sex 13 Jan 2017, 00:10

Nunca mais chega é uma decisão, e já que estão a dar retroativos reconhecendo o erro a Sr.a MAI podia ver essa situação, pois não basta eu e o pessoal de 2001 termos ficado sem cerca de 5.000€ de retroativos de promoção a GP depois de poucos meses os de 2000 terem recebido, isto passa para lá do absurdo e do injusto.

Fenixx
1º Sargento
1º Sargento

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 1119
Meu alistamento : 2001

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por Fenixx em Sex 13 Jan 2017, 00:11

Há, e peço desculpa que me enganei no Post....era para ter colocado no dos retroativos dos reformados.

Fenixx
1º Sargento
1º Sargento

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 1119
Meu alistamento : 2001

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por CARI2013 em Sex 13 Jan 2017, 01:09

Guarda que anda à linha escreveu:
Então mas só agora é que estão a abrir os olhos?

Por acaso já repararam também, que mesmo sem Troika, já conseguiram por os militares da Guarda a passarem há reforma no futuro para além dos 60 anos de idade, ou ainda nem sequer deram por isso?

Continuem enredados e preocupados com a treta do horário de referência, e um dia destes quando acordarem vão ver a volta que vamos levar.

Tem que existir algum realismo na análise destas questões da idade da passagem à reforma dos militares da Guarda.
Na verdade atingem a idade para a passagem à situação de reforma cerca de cinco anos antes dos funcionários públicos (60 anos e alguns meses). Porém cerca de 10 anos antes dos funcionários públicos atingirem a idade de passagem à reforma, os militares da Guarda passam à reserva fora da efectividade de serviço. ( por volta dos 55 anos de idade).
Até agora a situação de reserva fora da efectividade de serviço ( durante cinco anos) na prática em nada difere da situação de reforma (estão dispensados de comparecer ao serviço, etc...) e com uma remuneração superior à pensão de reforma com actualizações idênticas às dos militares no activo.Visto numa perspectiva realista - isenta de questões jurídicas - os militares da Guarda "reformam-se" por volta dos 55 anos.
Espero que este comentário não seja "bombardeado" com um rol de criticas. Basta uma reflexão coerente para que a critica se desvaneça...

CARI2013
Sargento-Mor
Sargento-Mor

Masculino
Idade : 34
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 2602
Mensagem : «Uma das maiores subtilezas da arte militar é nunca levar o inimigo ao desespero.»
(Michel de Montaigne)
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por PINTAROLAS em Sex 13 Jan 2017, 11:00

Isto é só medidas para enganar o défice.

_____________________________________________
Regras
Utilizadores com acessos especiais
Posto Virtual/Expediente
Facebook Fórum GNR
UTILIZAR FUNÇÃO "BUSCAR"
Linha de Apoio Psicossocial 800962000
Wink

PINTAROLAS
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 40
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 7329

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por Guarda que anda à linha em Sex 13 Jan 2017, 14:15

CARI2013 escreveu:
Guarda que anda à linha escreveu:
Então mas só agora é que estão a abrir os olhos?

Por acaso já repararam também, que mesmo sem Troika, já conseguiram por os militares da Guarda a passarem há reforma no futuro para além dos 60 anos de idade, ou ainda nem sequer deram por isso?

Continuem enredados e preocupados com a treta do horário de referência, e um dia destes quando acordarem vão ver a volta que vamos levar.

Tem que existir algum realismo na análise destas questões da idade da passagem à reforma dos militares da Guarda.
Na verdade atingem a idade para a passagem à situação de reforma cerca de cinco anos antes dos funcionários públicos (60 anos e alguns meses). Porém cerca de 10 anos antes dos funcionários públicos atingirem a idade de passagem à reforma, os militares da Guarda passam à reserva fora da efectividade de serviço. ( por volta dos 55 anos de idade).
Até agora a situação de reserva fora da efectividade de serviço ( durante cinco anos) na prática em nada difere da situação de reforma (estão dispensados de comparecer ao serviço, etc...) e com uma remuneração superior à pensão de reforma com actualizações idênticas às dos militares no activo.Visto numa perspectiva realista - isenta de questões jurídicas - os militares da Guarda "reformam-se" por volta dos 55 anos.
Espero que este comentário não seja "bombardeado" com um rol de criticas. Basta uma reflexão coerente para que a critica se desvaneça...


Por falar em realismo e coerência em relação a estas questões, com todo o respeito que uns e outros me merecem, qual é que é a esperança média de vida (segundo alguns estudos já conhecidos que algumas pessoas não querem reconhecer) dos policias/militares da Guarda, comparativamente com a dos funcionários públicos?

Qual é que é a carga horária dos militares da Guarda comparativamente com a carga horária dos funcionários públicos?

Tomemos como exemplo 30 anos de serviço. Ao fim de 30 anos de serviço, quem é que terá mais tempo/anos de trabalho prestado, os funcionários públicos que têm um horário de serviço de 35/36 horas de serviço por semana, ou os militares da Guarda?

Qual ou quais é que são os funcionários públicos que amanhã, perto do fim do turno de trabalho, se houver uma ocorrência qualquer em que têm de fazer mais 1,2,3,4 horas ou as que forem precisas de fazer a mais, têm de as fazer sem ganhar mais por isso: Os das finanças, os das escolas, os dos ministérios, os das direções gerais, os dos institutos públicos, os das câmaras municipais, os dos tribunais, etc. etc., quais?

E o que é que acontece aos militares da Guarda se isso tiver de acontecer (e que acontece muita vez) deixam o serviço para o dia seguinte porque chegaram ao fim do turno?

E as condições físicas necessárias para o desempenho da missão, será que é a mesma coisa  andar a perseguir, enfrentar e deter  bandidos, infratores e criminosos aos 20 anos de idade e aos 50, como é trabalhar na FP aos 20 e aos 50?

Raro é o dia em que um de nós não é injuriado, agredido, ferido, atropelado, abalroado, alvejado e, por vezes até, morto em serviço. E aos restantes funcionários públicos, isto também lhes acontece?

E a situação de reserva aos 55 anos de idade (que ao longo do tempo se vai perder por força do fim das percentagens, em que muitos militares aos 55 anos de idade não vão ter 36 anos de serviço) os militares que passam à reserva não vão continuar durante esse período de tempo a fazer descontos para a CGA/SS, muitos deles, inclusivamente, vão descontar tempo de serviço que nem sequer lhes vais ser contabilizado para efeitos de reforma porque já têm tempo a mais?

E depois de se passar á reforma, onde durante 5 anos vai ter de se pagar à CGA os anos de percentagens acumuladas/quotas para feitos de reforma, aqui chegados e depois de terem sido feitas todas as contas entre o deve e o haver, pergunto:

Será que um militar da Guarda que passa à reserva aos 55 anos de idade (outros houve que até ao dia 31DEC16 passaram com 48, 49, 50 – ou seja muito antes dos 55) no dia que em que passaram à reserva e posteriormente à reforma, vão ficar a dever alguma coisa a alguém ou ao estado?

Não me parece!

Guarda que anda à linha
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 51
Profissão : Funcionário publico
Nº de Mensagens : 732
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por conchinha em Sab 14 Jan 2017, 10:19

Fixe Fixe militar

conchinha
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 50
Profissão : Cabo da gnr
Nº de Mensagens : 1673
Mensagem : olá um abraço amigo para todos os membros do forum
Meu alistamento : 17SET1990

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por CARI2013 em Dom 15 Jan 2017, 00:16

Guarda que anda à linha escreveu:
CARI2013 escreveu:
Guarda que anda à linha escreveu:
Então mas só agora é que estão a abrir os olhos?

Por acaso já repararam também, que mesmo sem Troika, já conseguiram por os militares da Guarda a passarem há reforma no futuro para além dos 60 anos de idade, ou ainda nem sequer deram por isso?

Continuem enredados e preocupados com a treta do horário de referência, e um dia destes quando acordarem vão ver a volta que vamos levar.

Tem que existir algum realismo na análise destas questões da idade da passagem à reforma dos militares da Guarda.
Na verdade atingem a idade para a passagem à situação de reforma cerca de cinco anos antes dos funcionários públicos (60 anos e alguns meses). Porém cerca de 10 anos antes dos funcionários públicos atingirem a idade de passagem à reforma, os militares da Guarda passam à reserva fora da efectividade de serviço. ( por volta dos 55 anos de idade).
Até agora a situação de reserva fora da efectividade de serviço ( durante cinco anos) na prática em nada difere da situação de reforma (estão dispensados de comparecer ao serviço, etc...) e com uma remuneração superior à pensão de reforma com actualizações idênticas às dos militares no activo.Visto numa perspectiva realista - isenta de questões jurídicas - os militares da Guarda "reformam-se" por volta dos 55 anos.
Espero que este comentário não seja "bombardeado" com um rol de criticas. Basta uma reflexão coerente para que a critica se desvaneça...


Por falar em realismo e coerência em relação a estas questões, com todo o respeito que uns e outros me merecem, qual é que é a esperança média de vida (segundo alguns estudos já conhecidos que algumas pessoas não querem reconhecer) dos policias/militares da Guarda, comparativamente com a dos funcionários públicos?

Qual é que é a carga horária dos militares da Guarda comparativamente com a carga horária dos funcionários públicos?

Tomemos como exemplo 30 anos de serviço. Ao fim de 30 anos de serviço, quem é que terá mais tempo/anos de trabalho prestado, os funcionários públicos que têm um horário de serviço de 35/36 horas de serviço por semana, ou os militares da Guarda?

Qual ou quais é que são os funcionários públicos que amanhã, perto do fim do turno de trabalho, se houver uma ocorrência qualquer em que têm de fazer mais 1,2,3,4 horas ou as que forem precisas de fazer a mais, têm de as fazer sem ganhar mais por isso: Os das finanças, os das escolas, os dos ministérios, os das direções gerais, os dos institutos públicos, os das câmaras municipais, os dos tribunais, etc. etc., quais?

E o que é que acontece aos militares da Guarda se isso tiver de acontecer (e que acontece muita vez) deixam o serviço para o dia seguinte porque chegaram ao fim do turno?

E as condições físicas necessárias para o desempenho da missão, será que é a mesma coisa  andar a perseguir, enfrentar e deter  bandidos, infratores e criminosos aos 20 anos de idade e aos 50, como é trabalhar na FP aos 20 e aos 50?

Raro é o dia em que um de nós não é injuriado, agredido, ferido, atropelado, abalroado, alvejado e, por vezes até, morto em serviço. E aos restantes funcionários públicos, isto também lhes acontece?

E a situação de reserva aos 55 anos de idade (que ao longo do tempo se vai perder por força do fim das percentagens, em que muitos militares aos 55 anos de idade não vão ter 36 anos de serviço) os militares que passam à reserva não vão continuar durante esse período de tempo a fazer descontos para a CGA/SS, muitos deles, inclusivamente, vão descontar tempo de serviço que nem sequer lhes vais ser contabilizado para efeitos de reforma porque já têm tempo a mais?

E depois de se passar á reforma, onde durante 5 anos vai ter de se pagar à CGA os anos de percentagens acumuladas/quotas para feitos de reforma, aqui chegados e depois de terem sido feitas todas as contas entre o deve e o haver, pergunto:

Será que um militar da Guarda que passa à reserva aos 55 anos de idade (outros houve que até ao dia 31DEC16 passaram com 48, 49, 50 – ou seja muito antes dos 55) no dia que em que passaram à reserva e posteriormente à reforma, vão ficar a dever alguma coisa a alguém ou ao estado?

Não me parece!
«Será que um militar da Guarda que passa à reserva aos 55 anos de idade (outros houve que até ao dia 31DEC16 passaram com 48, 49, 50 – ou seja muito antes dos 55) no dia que em que passaram à reserva e posteriormente à reforma, vão ficar a dever alguma coisa a alguém ou ao estado
Não sei! Um provedor de justiça - Alfredo José de Sousa - afirmou em  2012: " o provedor de justiça tem por funções seguir as queixas dos cidadãos contra os actos ou as omissões, ilegais e injustos praticados pelo Estado, pela administração central, regional ou local.  Se o Estado não é uma pessoa de bem, modestamente, o provedor de Justiça pode contribuir para que seja."
A verdade é que a figura do Provedor de Justiça - que dá pareceres não vinculativos - parece que deixou de ser "respeitada" visto que a maioria dos seus pareceres não são "acolhidos" pelo Estado. Os pareceres do provedor de justiça sobre a conduta da CGA , horário de trabalho, licenciados da GNR são exemplos disso...nunca foram "acolhidos", em tempo útil, pelo Estado.
Deve-se questionar o papel do provedor de justiça, ou não ?

CARI2013
Sargento-Mor
Sargento-Mor

Masculino
Idade : 34
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 2602
Mensagem : «Uma das maiores subtilezas da arte militar é nunca levar o inimigo ao desespero.»
(Michel de Montaigne)
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por Ark em Dom 15 Jan 2017, 22:38

Fenixx escreveu:Nunca mais chega é uma decisão, e já que estão a dar retroativos reconhecendo o erro a Sr.a MAI podia ver essa situação, pois não basta eu e o pessoal de 2001 termos ficado sem cerca de 5.000€ de retroativos de promoção a GP depois de poucos meses os de 2000 terem recebido, isto passa para lá do absurdo e do injusto.
e alguma vez existiu justiça nesta guarda ?!
nada de novo... os de sempre a serem "comidos".

Ark
1º Sargento
1º Sargento

Masculino
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 1185

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: Funcionários e pensionistas do Estado vão receber metade do subsídio de Natal em duodécimos

Mensagem por Ark em Dom 15 Jan 2017, 22:40

PINTAROLAS escreveu:Isto é só medidas para enganar o défice.
ora nem mais ! 50% aqui, mais 0.8 de irs... e vamos embora...
milagres ?! só quem festeja "reveillons" é que acredita nisso.

Ark
1º Sargento
1º Sargento

Masculino
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 1185

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares