Noticia falsa, mentirosa e enganosa!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Noticia falsa, mentirosa e enganosa!

Mensagem por Guarda que anda à linha em Seg 08 Ago 2016, 21:06

http://www.dn.pt/dinheiro/interior/aposentados-da-funcao-publica-ultrapassaram-numero-de-ativos-em-2015-5327520.html

Isto só tem um objetivo. Virar portugueses contra portugueses. Vejam a caixa de comentários.

Então se desde 01 de janeiro de 2006 já não há novas entradas de subscritores para a CGA, onde é que está a admiração ou o espanto, de agora termos mais subscritores da CGA reformados do que subscritores a descontar no ativo?

Então se os novos funcionários públicos que entraram na FP a partir de 01 de janeiro de 2006, começaram a descontar para a Segurança Social em vez de para a CGA, como é que alguma vez, hoje, seria possível termos mais subscritores da CGA no ativo a descontar, do que reformados a receber?

Então mas o obetivo para que isso acontecesse, não foi o de a prazo desmantelar a CGA?

Então e daqui a mais dez anos, não vamos ter mais reformados ainda do que subscritores no ativo a descontar do que temos hoje, porque entretanto passaram mais de 20 anos em que o acesso a novas inscrições na CGA foi fechado?

Porque é que isto não foi devidamente explicado na noticia, nomeadamente por parte de alguém com responsabilidades governativas?

A quem é que interessa este tipo de noticias?

Porque é que será que surgiu agora, numa altura em que está em causa um novo aumento nas idades de passagem à reserva e reforma dos militares e policias, e numa altura em que está em causa cortar mais nas reformas dos  militares e policias?

  
avatar
Guarda que anda à linha
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 51
Profissão : Funcionário publico
Nº de Mensagens : 827
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noticia falsa, mentirosa e enganosa!

Mensagem por joao carlos rua em Seg 08 Ago 2016, 21:45

Eles sabem mais a dormir que os dragões de sofá acordados...
E vem aí mais...
avatar
joao carlos rua
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 55
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 1552
Mensagem : No meu presente cinzento adivinhas o teu futuro negro...
Meu alistamento : Já está!!!!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noticia falsa, mentirosa e enganosa!

Mensagem por Desconhecido em Seg 08 Ago 2016, 22:13

A CGA é uma bomba relógio que está prestes a rebentar . Não tarda está tudo a descontar para a segurança social, que é outra bomba relógio mas com mais tempo.
avatar
Desconhecido
Cabo-Mor
Cabo-Mor

Masculino
Idade : 34
Profissão : MILITAR GNR
Nº de Mensagens : 344

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noticia falsa, mentirosa e enganosa!

Mensagem por joao carlos rua em Ter 09 Ago 2016, 07:40

O CM de hoje volta à carga!
avatar
joao carlos rua
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 55
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 1552
Mensagem : No meu presente cinzento adivinhas o teu futuro negro...
Meu alistamento : Já está!!!!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noticia falsa, mentirosa e enganosa!

Mensagem por иuησ em Ter 09 Ago 2016, 10:39

Há posições governamentais que não percebo... Então, nos ultimos anos tem "empurrado" os funcionários públicos para a reforma e agora dizem que há mais reformados do que ativos?
avatar
иuησ
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Idade : 40
Profissão : GNR Cavª
Nº de Mensagens : 14182
Mensagem :
Nuno Miguel Guedes

Coordenador da Região de Lisboa

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA GUARDA - APG/GNR

Meu alistamento : 2000 - AIP

https://www.apg-gnr.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noticia falsa, mentirosa e enganosa!

Mensagem por FORASTEIRO em Ter 09 Ago 2016, 10:45

http://www.cmjornal.xl.pt/nacional/economia/detalhe/injecao_de_4604_milhoes_para_pensoes_do_estado.html
avatar
FORASTEIRO
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 48
Profissão : agente gnr
Nº de Mensagens : 5543
Mensagem : " Responder à ofensa com ofensa é lavar a alma com lama.

O silêncio é um dos argumentos mais difíceis de se rebater. "

Dalai Lam.


Meu alistamento : já faltou mais.!!!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noticia falsa, mentirosa e enganosa!

Mensagem por NEVES VASCO em Ter 09 Ago 2016, 11:30

Como é que isto não chegaria a este ponto !!!! por acaso ,só por acaso parte dos descontos que a FP desde 2016 está a colocar na Seg. Soc. não é para darem reformas a quem,uns nunca trabalharam e muitos trabalharam mas  tiveram-se a cagar para descontar porque sabiam que a uma certa altura mesmo pouco teriam alguma coisa.O certo é que quem tira e não põe algum dia vai faltar e não era a falta de dinheiro em 2005 na CGA porque não é como na SEG. SOC. que trabalhando pode não descontar.
avatar
NEVES VASCO
Cabo-Chefe
Cabo-Chefe

Masculino
Idade : 58
Profissão : GNR/UCC/RES.
Nº de Mensagens : 231
Mensagem : PESSOAL FIQUEM EM BEM E DIGNIFIQUEM A NOSSA PROFISSÃO.
Meu alistamento : F.A. -10/04/78 a 31/10/83 ««G.F.-21/11/83 A 31/10/2009

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noticia falsa, mentirosa e enganosa!

Mensagem por COELHO.X em Ter 09 Ago 2016, 11:32

O porquê destas noticias sairem agora??? Verão, praia, férias, altura ideal...quase perfeita para o remate final de processos engavetados e dificeis de resolução. Assim quando o pessoal se aperceber, está tudo arrumado e finalizado como de um processo negocial se trata-se..enfim mais do mesmo.
avatar
COELHO.X
Tenente
Tenente

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 4819
Mensagem : Passam Céleres Altivos e Impenetráveis..é a Cavalaria que Passa!
"Para ter inimigos, não precisa declarar guerras, apenas diga o que pensa..."

Martin Luther King

Meu alistamento : (1999) Século Passado!!Há pois é.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noticia falsa, mentirosa e enganosa!

Mensagem por CARI2013 em Ter 09 Ago 2016, 12:23

"atirar o barro à parede" - experimentar fazer ou dizer qualquer coisa  para ver se a reacção é favorável- parece ser o que move o Governo no que concerne à sustentabilidade da segurança social e caixa geral de aposentações.

"As primeiras décadas do próximo milénio serão terríveis. Miséria, fome, corrupção, desemprego, violência, abater-se-ão aqui por muito tempo. A Comunidade Europeia vai ser um logro. O Serviço Nacional de Saúde, a maior conquista do 25 de Abril, e Estado Social e a independência nacional sofrerão gravíssimas rupturas. Abandonados, os idosos vão definhar, morrer, por falta de assistência e de comida. Espoliada, a classe média declinará, só haverá muito ricos e muito pobres. A indiferença que se observa ante, por exemplo, o desmoronar das cidades e o incêndio das florestas é uma antecipação disso, de outras derrocadas a vir".
Natália Correia
Fajã de Baixo, São Miguel, 13 de Setembro de 1923 — Lisboa, 16 de Março de 1993
avatar
CARI2013
Sargento-Mor
Sargento-Mor

Masculino
Idade : 35
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 2860
Mensagem : «Uma das maiores subtilezas da arte militar é nunca levar o inimigo ao desespero.»
(Michel de Montaigne)
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noticia falsa, mentirosa e enganosa!

Mensagem por Guarda que anda à linha em Ter 09 Ago 2016, 15:03

Estas noticias são um embuste e só têm um objetivo. Ao dizer-se que depois se vai desviar dinheiro do orçamento do estado para injetar no sistema de pensões da CGA (dos funcionários públicos) que está falido, ganha-se "base legal/apoio" por parte das pessoas do setor privado, virando-as contra as do setor publico, para assim se dar mais uma machadada nas reformas dos subscritores da CGA, que durante décadas não fugiram às suas contribuições e obrigações, enquanto que muitas pessoas que trabalham no setor privado fogem durante anos a fio ao fisco, às suas contribuições e obrigações. E depois como se não bastasse, criticam as reformas dos funcionários públicos correspondentes àquilo a que por lei foram obrigadas a descontar, e querem ter reformas como eles têm.

Em lado nenhum/órgão de comunicação social e ou responsável governativo e ou até mesmo alguém da oposição, é referido que a partir do dia 01 de janeiro de 2006 deixaram de entrar novos subscritores para a CGA, passando toda a gente que entrou para a função pública a partir dessa data, a descontar para a Segurança Social, reforçando a Segurança Social, ao mesmo tempo que se descapitaliza a CGA. Se no dia 01 de janeiro de 2006 isto não tivesse acontecido, este problema hoje não se punha e a CGA não seria insustentável como falsamente se pretende dar a entender agora que é.

Se assim continuar, chegará o dia em que já ninguém desconta para a CGA, ao mesmo tempo que as reformas têm de continuar a serem pagas aos que durante toda a vida contributiva descontaram para ela. Deverão os seus pensionistas passar a ter pensão ZERO ou serem todos mortos, como em tempos defendeu um celebre ministro japonês, para a CGA ser sustentável? Ou deverá a Segurança Social passar a assumir a responsabilidade por ter ficado com a totalidade dos "novos" contribuintes que até 31 de dezembro de 2005, quando entraram na função publica, foram inscritos na CGA?
avatar
Guarda que anda à linha
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 51
Profissão : Funcionário publico
Nº de Mensagens : 827
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noticia falsa, mentirosa e enganosa!

Mensagem por CARI2013 em Qua 10 Ago 2016, 15:25

Guarda que anda à linha escreveu:
Estas noticias são um embuste e só têm um objetivo. Ao dizer-se que depois se vai desviar dinheiro do orçamento do estado para injetar no sistema de pensões da CGA (dos funcionários públicos) que está falido, ganha-se "base legal/apoio" por parte das pessoas do setor privado, virando-as contra as do setor publico, para assim se dar mais uma machadada nas reformas dos subscritores da CGA, que durante décadas não fugiram às suas contribuições e obrigações, enquanto que muitas pessoas que trabalham no setor privado fogem durante anos a fio ao fisco, às suas contribuições e obrigações. E depois como se não bastasse, criticam as reformas dos funcionários públicos correspondentes àquilo a que por lei foram obrigadas a descontar, e querem ter reformas como eles têm.

Em lado nenhum/órgão de comunicação social e ou responsável governativo e ou até mesmo alguém da oposição, é referido que a partir do dia 01 de janeiro de 2006 deixaram de entrar novos subscritores para a CGA, passando toda a gente que entrou para a função pública a partir dessa data, a descontar para a Segurança Social, reforçando a Segurança Social, ao mesmo tempo que se descapitaliza a CGA. Se no dia 01 de janeiro de 2006 isto não tivesse acontecido, este problema hoje não se punha e a CGA não seria insustentável como falsamente se pretende dar a entender agora que é.

Se assim continuar, chegará o dia em que já ninguém desconta para a CGA, ao mesmo tempo que as reformas têm de continuar a serem pagas aos que durante toda a vida contributiva descontaram para ela. Deverão os seus pensionistas passar a ter pensão ZERO ou serem todos mortos, como em tempos defendeu um celebre ministro japonês, para a CGA ser sustentável? Ou deverá a Segurança Social passar a assumir a responsabilidade por ter ficado com a totalidade dos "novos" contribuintes que até 31 de dezembro de 2005, quando entraram na função publica, foram inscritos na CGA?
OUTUBRO DE 2015


"Está em curso uma gigantesca operação de manipulação e de engano da opinião pública com o objectivo de convencer os portugueses de que os sistemas públicos de segurança social – Segurança Social e CGA – são insustentáveis e que a única solução é privatizá-los.
Com esse objectivo, em termos técnicos, é defendido a introdução do “plafonamento”, da capitalização e a substituição do actual sistema de benefícios definidos por um sistema de contribuições definidas onde, à semelhança do que acontece com os PPR, o risco é transferido para os trabalhadores/beneficiários, entregando-se a sua gestão a privados – sociedades de fundos de pensões e seguradoras – os quais transformariam os sistemas de segurança social em mais uma área de negócio e fonte importante de lucro à custa de quem trabalha.
Nesta campanha de manipulação e engano têm tido um papel muito importante, por um lado, os estudos ditos “técnicos"elaborados por “especialistas” que procuram mostrar que os sistemas públicos de segurança social são insustentáveis e, por outro lado, os grandes órgãos de informação (TV, e o "Expresso" também) que, violando a objectividade jornalística, divulgam apenas esses estudos e as opiniões dos seus autores, eliminando todo o contraditório, e silenciando todas as posições contrarias, procurando assim criar na opinião pública a falsa ideia de que aquelas opiniões são as únicas e as dominantes.
Tudo isto são formas clássicas, já bem conhecidas e muito utilizadas, de manipulação e engano da opinião pública.
Na sua edição de 26.9.2015, o Expresso publicou um artigo do Prof. Pereira da Silva, actual director do Gabinete de Planeamento do Ministério da Solidariedade, Trabalho e Segurança Social, nomeado por Mota Soares, que defendia mais uma vez a introdução do plafonamento, que considerava uma “questão meramente técnica” (?!), e que é conhecido por defender a introdução da capitalização na Segurança Social, que criaria uma grande insegurança a nível de pensões, pois o seu valor ficaria dependente do arbítrio ou dos “mercados” ou do governo, e naturalmente a entrega da sua gestão, ou de parte dela, a sociedades gestoras de fundos de pensões ou a seguradoras privadas.
Com o objectivo de contestar tal opinião, e também para mostrar que essa posição não gozava de qualquer unanimidade, e que havia outras soluções técnicas para garantir a sustentabilidade dos sistemas públicos de segurança social, enviei ao dr. Nicolau dos Santos, responsável pelo caderno de economia do Expresso onde Pereira da Silva publicara a sua opinião, a carta que se segue.
Ela é propositadamente sintética para não poder ser utilizada a justificação de que era demasiadamente extensa para não publicar. Mais uma vez uma opinião diferente foi silenciada e Nicolau dos Santos não deu qualquer explicação.
Assim, vai o nosso jornalismo “objectivo” em Portugal, e assim é tratado o princípio do contraditório, essencial para qualquer jornalismo objectivo e credível, nos órgãos de informação em Portugal e, em particular, no "Expresso".
É importante que os portugueses saibam. A forma como o “Expresso” está a tratar um eventual governo com base nos partidos de esquerda é outro exemplo desta “objectividade” do jornalismo no nosso país que não merece comentários.»

E A SAGA CONTINUA.....
avatar
CARI2013
Sargento-Mor
Sargento-Mor

Masculino
Idade : 35
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 2860
Mensagem : «Uma das maiores subtilezas da arte militar é nunca levar o inimigo ao desespero.»
(Michel de Montaigne)
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Noticia falsa, mentirosa e enganosa!

Mensagem por Guarda que anda à linha em Sab 13 Ago 2016, 15:31

http://observador.pt/2016/08/12/conheca-a-lista-dos-332-politicos-que-tem-direito-a-subvencao-vitalicia/
 
https://pt.scribd.com/document/321027960/Lista-de-beneficiarios-das-Subvencoes-Mensais-Vitalicias#from_embed

http://www.cmjornal.pt/opiniao/editoriais/detalhe/privilegios-e-governo-ignobil
avatar
Guarda que anda à linha
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 51
Profissão : Funcionário publico
Nº de Mensagens : 827
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares