As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Página 5 de 11 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 9, 10, 11  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Em Curso As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por иuησ em Ter 07 Ago 2012, 14:40

Relembrando a primeira mensagem :

avatar
иuησ
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR Cavª
Nº de Mensagens : 14407
Mensagem :
Nuno Miguel Guedes

Coordenador da Região de Lisboa

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA GUARDA - APG/GNR


Qui pugnat perdere potest. Qui non pugnat iam perdidit!
Meu alistamento : 2000 - AIP

https://www.apg-gnr.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo


Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Santos-Pika em Dom 04 Ago 2013, 21:45

Passamos de oito para oitenta, quando vim para a GNR, em 1997, quando se detia um individuo com mais de 1,2G/L por álcool, nem o procurador era contatado, era assim: automaticamente fiava detido até ao dia útil seguinte e era presente ao Tribunal da área respetiva. Tal como nas detenções por injurias e agressões a gentes de autoridade.

Hoje além de não ficarem detidos, nem aprecem no tribunal muita vezes, pelo menos as agressões a agentes de autoridade, deveriam de ficar detidos até serem presentes ao Tribunal.

Quem anda aqui lembra-se bem, que quem era apanhado com álcool, por exemplo na madrugada de 6ª/sábado, fiava na cela o fim de semana todo, e vejam estamos a falar de alguns indivíduos alguns deles bons cidadãos, cumpridores, apenas bebiam uns copos, ou sejam passamos de oito para oitenta.
avatar
Santos-Pika
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 42
Profissão : GNR "Militar Operacional"(Elite da Guarda)
Nº de Mensagens : 1623
Mensagem : Para melhorar, é preciso trabalhar, trabalhar, trabalhar.
Meu alistamento : 1997

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por FORASTEIRO em Dom 04 Ago 2013, 23:26

Fixe Fixe assim é que era.
avatar
FORASTEIRO
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 48
Profissão : agente gnr
Nº de Mensagens : 5577
Mensagem : " Responder à ofensa com ofensa é lavar a alma com lama.

O silêncio é um dos argumentos mais difíceis de se rebater. "

Dalai Lam.


Meu alistamento : já faltou mais.!!!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Qua 07 Ago 2013, 14:25

Patrulha da GNR acabou com cenas de violência doméstica em aldeia de Santarém
Homem violento agrediu família e militar

Um militar da GNR teve de receber assistência hospitalar após ter sido agredido por um homem, de 58 anos, que estava a ser detido durante um episódio de violência doméstica, na aldeia de Canal, no concelho de Santarém.

A guarda foi chamada na noite de segunda-feira porque o sujeito estava a agredir a mulher, de 51 anos, e a filha, de 19.
O arguido, que segundo adiantou ao CM fonte da GNR, exibiu "sempre um comportamento ameaçador e bastante agressivo", feriu o militar num braço, tendo ainda injuriado e tentado agredir os restantes dois elementos da patrulha. A esposa do agressor também foi transportada ao hospital de Santarém, com várias escoriações na cara e no corpo. O homem, que foi ontem à tarde presente no Tribunal de Santarém, já estava referenciado por este tipo de comportamento.
http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/portugal/homem-violento-agrediu-familia-e-militar
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Sex 09 Ago 2013, 13:03




Correio da Manhã de ontem
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Edr See em Sex 09 Ago 2013, 15:02

É verdade que se sentem impunes... e alguns só tem respeito quando nós passamos a usar a tatica deles, mas cuidado, principalmente com os nossos cmdt's, pois a maior parte pouco sabe da pratica no terreno e pensa que é tudo como nos manuais.
avatar
Edr See
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 37
Profissão : Militar das Forças de Segurança
Nº de Mensagens : 5793
Mensagem : Tenho fé que um dia a instituição seja mais justa para com os seus elementos...
Meu alistamento : 01SET03 - GIA

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por COELHO.X em Ter 13 Ago 2013, 12:19

Mulher agride GNR com sapato
Fafe: Emigrante no Canadá, de 21 anos, não gostou de ser advertida

Sete militares foram atacados por cidadãos, em apenas cinco dias, só no distrito de Braga.
Uma jovem, de 21 anos, emigrante no Canadá, foi ontem constituída arguida pelo Tribunal de Fafe por, na madrugada de sábado, ter agredido um militar da GNR com um sapato, à porta de uma discoteca, na zona do Socorro.

A mulher não terá gostado de ser repreendida pela patrulha e, após tentar dar um murro num dos militares, tirou um sapato de salto alto, com o qual realizou a agressão. O militar teve de receber tratamento hospitalar.

Esta foi uma das sete agressões a militares da GNR, em cinco dias, no distrito de Braga. Às 22h30 de quinta feira, um homem foi detido por agressão e injúrias, em Vila Chá, Esposende, e o mesmo aconteceu, na sexta, em Gemeses, no mesmo concelho.

No sábado, além da agressão da emigrante, um militar foi atropelado por um carro de matrícula suíça, na Póvoa de Lanhoso, que fugiu, e, no domingo, às 07h45, um homem, de 24 anos, foi detido, no centro de Fafe, por injúrias à GNR, tal como outro indivíduo, de 35 anos, ontem, em Ribeirão, Famalicão.

César Nogueira, presidente da Associação dos Profissionais da Guarda, disse ao CM que as agressões têm aumentado e pede a intervenção do Governo "para acabar com esta impunidade.

Comentário mais votado:
"A jovem teve toda a razão, esses bonecos fardados tem a mania que mandam em tudo, não tem respeito por ninguém, e pensam que nós imigrantes somos como os residentes, que tem medo da GNR."
FAFE
Hoje, 09h04m
No Fixe No Fixe No Fixe No Fixe No Fixe 
avatar
COELHO.X
Tenente
Tenente

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 4949
Mensagem : Passam Céleres Altivos e Impenetráveis..é a Cavalaria que Passa!
"Para ter inimigos, não precisa declarar guerras, apenas diga o que pensa..."

Martin Luther King

Meu alistamento : (1999) Século Passado!!Há pois é.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Turistas urinam na rua e agridem militar

Mensagem por Almeida Pinto em Sex 16 Ago 2013, 10:52


Jovens, de 20 anos, reagiram com violência, ao serem interpelados por dois guardas da Unidade de Intervenção. Um foi atingido com um pontapé.
Dois turistas franceses foram detidos, na madrugada de ontem, depois de agredirem um GNR numa rua em Albufeira. Os dois jovens, de 20 anos, reagiram com violência, ao serem interpelados, por uma patrulha de dois guardas, quando urinavam na rua. Um militar foi atingido com um pontapé.

O caso aconteceu por volta das 03h30 da madrugada, na zona velha da cidade de Albufeira, contou ao CM fonte do Comando da GNR na região. "Uma senhora abordou a patrulha, porque dois jovens estavam a urinar na via pública à vista de toda a gente", descreveu a fonte. Nessa altura, ainda muitos transeuntes circulavam na zona, a aproveitar a animação noturna.

"Os dois militares, da Unidade de Intervenção, que se encontra no Algarve para o reforço da segurança no verão, dirigiram-se então aos indivíduos, para os advertirem", continua, "nessa altura foram surpreendidos pela imediata reação violenta dos jovens".

Aparentemente alcoolizados e alterados, os turistas tentaram agredir os GNR, e na luta que se gerou um conseguiu atingir um dos militares com um pontapé num braço, o que lhe provocou "um pequeno ferimento e teve de receber tratamento", refere ainda a citada fonte do Comando da Guarda no Algarve.

Refeitos da surpresa, os militares acabaram por dominar os jovens, que ouviram voz de detenção e foram transportados até ao posto da GNR. Aí, foram notificados para se apresentarem, durante o dia de hoje, no Tribunal de Albufeira.

Fonte: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/portugal/turistas-urinam-na-rua-e-agridem-militar-013618727
avatar
Almeida Pinto
Sargento-Chefe
Sargento-Chefe

Masculino
Idade : 39
Profissão : Assistente técnico, Técnico de laboratório
Nº de Mensagens : 2297
Mensagem : Só quando um mosquito pousa nos teus testículos percebes que nem tudo na vida se resolve com violência Smile
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Sex 23 Ago 2013, 16:34

Militares da GNR agredidos em Baltazar
Dois militares da GNR, do posto das Taipas, foram ontem de manhã agredidos por um homem de 53 anos, gerente de um estabelecimento comercial, na Rua de Igreja Nova, na freguesia de Balazar.

 http://www.guimaraesdigital.com/index.php?a=noticias&id=53364
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Dom 25 Ago 2013, 13:28







Correio da Manhã de ontem
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Seg 09 Set 2013, 13:36

Águeda: agressor foi detido e será hoje ouvido
Ignora juiz e ataca ex-mulher e GNR

Sérgio Alegria, de 38 anos, foi proibido cinco vezes pelo tribunal de se aproximar da vítima. Anteontem tentou entrar à força na casa com um pé de cabra.
Por:Francisco Manuel
Proibido cinco vezes pelo tribunal de contactar com a ex-mulher e aproximar-se da sua casa, Sérgio Alegria, de 38 anos, nunca cumpriu a ordem do juiz. Voltou sempre à residência da vítima, situada em Águeda, e tentou por diversas vezes entrar à força, insultando e ameaçando a vítima. Anteontem à noite voltou a fazê-lo e desta vez agrediu também violentamente os militares que foram ao local. A patrulha da GNR foi forçada a disparar dois tiros para intimidar o agressor, que acabou detido. Será hoje presente a tribunal.

O episódio de violência ocorreu por volta das 22h30. A vítima, de 32 anos, ligou para o posto da GNR desesperada. O ex-marido estava mais uma vez na sua residência e tentava entrar a todo o custo. Tinha, aliás, um pé de cabra, com o qual ameaçava partir a porta.

Quando os guardas chegaram, Sérgio estava muito exaltado e fazia constantes ameaças à ex-mulher, que estava à janela. Os guardas puxaram da arma e mandaram-no deitar-se no chão, mas o homem não obedeceu e um dos militares efetuou um disparo para o ar.

O agressor não se intimidou e avançou para os guardas com o pé de cabra na mão.

Os militares efetuaram então um segundo disparo, desta vez para o chão e o homem caiu assustado. No entanto, voltou a erguer-se e correu para os militares, agredindo-os. Um dos GNR ficou mesmo com a farda rasgada.

O suspeito tem cinco processos por maus tratos à ex-mulher. Saiu sempre em liberdade, sujeito a medidas acessórias.
http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/portugal/ignora-juiz-e-ataca-ex-mulher-e-gnr--005608660
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Brazete em Seg 09 Set 2013, 21:44

..
avatar
Brazete
Cabo-Excepção
Cabo-Excepção

Masculino
Idade : 37
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 108
Meu alistamento : Sou do Curso de 2003


Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Roque em Seg 09 Set 2013, 22:50

É uma vergonha que isto aconteça em Portugal. A violência doméstica só fica resolvida, em Portugal, quando a vítima morre. 

A culpa não é das polícias. Não preciso dizer de quem é.
avatar
Roque
Aspirante
Aspirante

Masculino
Profissão : Militar da GNR\UI
Nº de Mensagens : 3093
Mensagem : "Their brands were still on fire and their hooves were made of steel"

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Qua 16 Out 2013, 16:49

Atacou militar da GNR à facada

Publicado às 16.13

A GNR de Santa Maria da Feira deteve esta quarta-feira, de madrugada, um homem de 44 anos que agrediu à facada um dos seus militares.

O caso ocorreu cerca das 5 horas quando a GNR recebeu uma chamada telefónica a comunicar que um indivíduo provocava distúrbios na via pública, na localidade de Escapães, Santa Maria da Feira.

Segundo a GNR, quando os militares chegaram ao local, o detido dirigiu-se ao interior da sua residência e regressou, pouco tempo depois, munido de faca de cozinha, tendo desferido um golpe que atingiu o militar numa das mãos, provocando-lhe "ferimentos ligeiros".

"O suspeito ainda se refugiou na sua residência, acabando por se entregar poucos minutos depois", refere a GNR em comunicado.

O militar ferido foi transportado para o hospital de Santa Maria da Feira para tratamento, tendo já recebido alta hospitalar.

O indivíduo está acusado da prática de crimes de resistência e coação sobre funcionário e ofensas à integridade física.
O detido foi presente esta manhã a primeiro interrogatório judicial, no tribunal de Santa Maria da Feira, tendo saído em liberdade com Termo de Identidade e Residência como medida de coação.
http://www.jn.pt/PaginaInicial/Seguranca/Interior.aspx?content_id=3480678&page=-1
 



ShareThis Copy and Paste
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Filipe.T em Qua 16 Out 2013, 23:47

so violencia uma vergonha
avatar
Filipe.T
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 26
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 661
Mensagem : Wink Wink

Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!(Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Gil Vicente em Qui 17 Out 2013, 00:57

Onde andam as anunciadas Tazer.
É que se nestas ocorrências de conflito as emoções/comportamento do cidadão já é instável pela situação em curso. Acontece amiúde que quando as FS chegam ao local a "diarreia verbal" e atitude hostil dos prevaricadores vira-se para o Guarda/Polícia.
Assim, a acontecer nada melhor que pôr de imediato o mitra em descanso. 
Se toda a patrulha ocorrências/piquete estive-se munida com um exemplar do "descarregador elétrico", os relatos de agressões aos profissionais das FS seriam praticamente zero.
Esta é a minha modesta opinião, vale zero para quem manda, mas como já não estou no serviço, situações dessas no tempo que corre mais vale passar ao lado.
Agora para os camaradas do activo e se vêm metidos nelas, sou solidário com as suas dores. Quem não respeita e não acata as ordens dadas por agente de autoridade no cumprimento da lei, da  segurança pública de pessoas e bens, não é merecedor de benevolência.
Esgotados os meios de diálogo, fogo às patas, se não surtir efeito, fogo à peça.
avatar
Gil Vicente
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 57
Profissão : Duarda da Guarda
Nº de Mensagens : 1946
Mensagem : Gozar na Reserva aquilo que não me era permitido gozar no Activo. Já agora também poder livremente privar com os Netos, coisa que muitas vezes me foi sonegado para acompanhamento dos Filhos.
Finalmente a Reserva, mas até agora nos retiram DIREITOS.
Meu alistamento : 13MAI85 2ºT/GF
Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Militar da GNR mordido no rosto por suspeito de assalto

Mensagem por иuησ em Ter 03 Dez 2013, 03:15

O guarda foi ainda mordido numa mão e atingido nas costas com uma pedra. Recebeu assistência no Centro de Saúde de Loulé. Suspeito, já referenciado por furtos, será presente, hoje, ao tribunal daquela cidade.

Um militar da Guarda Nacional Republicana (GNR) foi violentamente agredido por um indivíduo na sequência de um assalto na cidade de Loulé, na segunda-feira, por volta das 18.30 horas, tendo sofrido ferimentos nas costas com uma pedra e dentadas no rosto e na mão direita. Mesmo assim, o patrulheiro conseguiu controlar a situação e deter o homem, já referenciado por furtos. Ambos receberam assistência médica no Centro de Saúde de Loulé. O detido será presente, na terça-feira, ao tribunal daquela cidade.

Segundo apurou o DN, o militar, de 24 anos, e há cerca de ano e meio em funções na GNR, encontrando-se ao serviço do Destacamento de Loulé, conseguiu intercetar o indivíduo próximo de uma quinta na posse de objetos em cobre, ferramentas e contadores de água, numa altura em que populares residentes na zona tentavam cercar o suspeito dos assaltos. Este acabou por morder a mão direita e o rosto do elemento da GNR, além de o ter atingido com uma pedra nas costas, de acordo com informações recolhidas pelo DN junto de populares.

"Esta situação prova mais uma vez a falta de efetivos na Guarda Nacional Republicana para garantir a segurança das populações, nomeadamente no que respeita às patrulhas de ocorrências e a forma que um suspeito de assalto utiliza para atacar um militar, desta vez à dentada, desconhecendo-se se têm algum vírus com o qual possa contaminar o nosso camarada", lamentou ao DN António Barreira, coordenador para a Região Sul da Associação de Profissionais da Guarda (APG/GNR).

Esta estrutura sindical exige ao Governo que "demonstre respeito por quem garante a segurança pública e a legalidade democrática, promovendo medidas legislativas que permitam punição exemplar e celeridade deste tipo de crimes".

O militar ferido não vai apresentar baixa médica. É que "muitos profissionais sentem-se forçados a regressar ao serviço ativo quando deviam estar a convalescer das agressões de que são vítimas porque a baixa médica repercute-se de imediato no rendimento mensal, situação agravada pelos recentes cortes", acrescentou António Barreira.

DN
avatar
иuησ
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR Cavª
Nº de Mensagens : 14407
Mensagem :
Nuno Miguel Guedes

Coordenador da Região de Lisboa

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA GUARDA - APG/GNR


Qui pugnat perdere potest. Qui non pugnat iam perdidit!
Meu alistamento : 2000 - AIP

https://www.apg-gnr.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por carlos morais em Ter 03 Dez 2013, 14:36

A única coisa que lhe vão perguntar é se tem as vacinas em dia.

carlos morais
1º Sargento
1º Sargento

Masculino
Idade : 58
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 1153
Mensagem : Pela Patria e pela Lei
Meu alistamento : Aqui podes colocar o ano do teu alistamento!
1983

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por FORASTEIRO em Ter 03 Dez 2013, 15:18

иuησ escreveu:
O guarda foi ainda mordido numa mão e atingido nas costas com uma pedra. Recebeu assistência no Centro de Saúde de Loulé. Suspeito, já referenciado por furtos, será presente, hoje, ao tribunal daquela cidade.

Um militar da Guarda Nacional Republicana (GNR) foi violentamente agredido por um indivíduo na sequência de um assalto na cidade de Loulé, na segunda-feira, por volta das 18.30 horas, tendo sofrido ferimentos nas costas com uma pedra e dentadas no rosto e na mão direita. Mesmo assim, o patrulheiro conseguiu controlar a situação e deter o homem, já referenciado por furtos. Ambos receberam assistência médica no Centro de Saúde de Loulé. O detido será presente, na terça-feira, ao tribunal daquela cidade.

Segundo apurou o DN, o militar, de 24 anos, e há cerca de ano e meio em funções na GNR, encontrando-se ao serviço do Destacamento de Loulé, conseguiu intercetar o indivíduo próximo de uma quinta na posse de objetos em cobre, ferramentas e contadores de água, numa altura em que populares residentes na zona tentavam cercar o suspeito dos assaltos. Este acabou por morder a mão direita e o rosto do elemento da GNR, além de o ter atingido com uma pedra nas costas, de acordo com informações recolhidas pelo DN junto de populares.

"Esta situação prova mais uma vez a falta de efetivos na Guarda Nacional Republicana para garantir a segurança das populações, nomeadamente no que respeita às patrulhas de ocorrências e a forma que um suspeito de assalto utiliza para atacar um militar, desta vez à dentada, desconhecendo-se se têm algum vírus com o qual possa contaminar o nosso camarada", lamentou ao DN António Barreira, coordenador para a Região Sul da Associação de Profissionais da Guarda (APG/GNR).

Esta estrutura sindical exige ao Governo que "demonstre respeito por quem garante a segurança pública e a legalidade democrática, promovendo medidas legislativas que permitam punição exemplar e celeridade deste tipo de crimes".

O militar ferido não vai apresentar baixa médica. É que "muitos profissionais sentem-se forçados a regressar ao serviço ativo quando deviam estar a convalescer das agressões de que são vítimas porque a baixa médica repercute-se de imediato no rendimento mensal, situação agravada pelos recentes cortes", acrescentou António Barreira.

DN
Foi em serviço, assim sendo recebe como se estivesse a trabalhar.militar
avatar
FORASTEIRO
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 48
Profissão : agente gnr
Nº de Mensagens : 5577
Mensagem : " Responder à ofensa com ofensa é lavar a alma com lama.

O silêncio é um dos argumentos mais difíceis de se rebater. "

Dalai Lam.


Meu alistamento : já faltou mais.!!!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Profissionais da GNR pedem medidas urgentes após agressão em Loulé

Mensagem por antipilho em Ter 03 Dez 2013, 17:34

A Associação de Profissionais da Guarda pediu, esta terça-feira, ao ministro da Administração Interna, medidas urgentes para colmatar o défice de militares e os meios obsoletos da GNR, que considera serem obstáculos no combate à criminalidade.
Em comunicado, a Associação de Profissionais da Guarda (APG/GNR) invoca o caso de um militar que foi, na segunda-feira, "violentamente agredido" por um homem na sequência de um assalto, em Loulé (Algarve), "tendo sofrido ferimentos nas costas com uma pedra, escoriações na cara e várias dentadas na mão direita".
De acordo com a APG/GNR, a realidade não corresponde "aos discursos do sr. ministro da Administração Interna", que tem justificado a redução de efetivos com a redução da criminalidade. Esta, segundo o responsável, tem tendência para diminuir devido ao envelhecimento da população.
"Este é apenas um dos episódios cada vez mais recorrentes, em que situações de violência contra os profissionais da GNR se sucedem", frisa a associação, lembrando que os militares no terreno se deparam, cada vez mais, "com uma criminalidade mais sofisticada, com meios bem superiores aos disponíveis pelas forças de segurança".
A delegação do Sul daquela associação defende ainda uma alteração legislativa capaz de dissuadir os potenciais agressores de agirem contra agentes da autoridade, já que os profissionais da GNR continuam "completamente desprotegidos" em caso de agressão.
"A APG/GNR exige da tutela medidas urgentes, que confiram os meios humanos e materiais adequados e necessários ao exercício da segurança pública, para que episódios como este, ou outros bem mais graves, que já resultaram na perda da vida de profissionais não se venham a repetir", conclui.

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=3567158
avatar
antipilho
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 28
Profissão : Guarda
Nº de Mensagens : 607
Mensagem : C.R.P. Artigo 26.º Outros direitos pessoais 1. A todos são reconhecidos os direitos à identidade pessoal, ao desenvolvimento da personalidade, à capacidade civil, à cidadania, ao bom nome e reputação, à imagem, à palavra, à reserva da intimidade da vida privada e familiar e à protecção legal contra quaisquer formas de discriminação.
Meu alistamento : 2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por иuησ em Ter 03 Dez 2013, 18:12

De: Associação dos Profissionais da Guarda - APG/GNR
Data: 03-12-2013 15:05:06
Para: undisclosed-recipients:,
Assunto: APG/GNR - Profissional da GN agredido à dentada em Loulé


Nota à Imprensa


--------------------------------------------------------------------------------


Profissional da GN agredido à dentada em Loulé

Um profissional da GNR, na sequência de um assalto em Loulé, (tal como notícia o Diário de Notícias de hoje) foi violentamente agredido por um indivíduo de etnia cigana, tendo sofrido ferimentos nas costas com uma pedra, escoriações na cara e várias dentadas na mão direita.

Este é apenas um dos episódios cada vez mais recorrentes, em que situações de violência contra os profissionais da GNR se sucedem
A APG/GNR alerta para o facto de esta ser uma realidade que não corresponde, de todo, aos discursos do Sr. Ministro da Administração Interna, que tem justificado a redução de efectivo na GNR com a redução da criminalidade que, em seu entender, tem tendência para diminuir por via do envelhecimento da população.

Não é essa a experiência dos homens e mulheres que no terreno, diariamente, garantem a segurança pública e que se têm deparado recorrentemente com situações de grande violência e com uma criminalidade cada vez mais sofisticada, com meios bem superiores aos disponíveis pelas forças de segurança.

É urgente que o MAI tome medidas, pois o actual défice de efectivo com funções operacionais e os meios complementarmente obsoletos são o primeiro obstáculo no combate eficiente à criminalidade.

Os profissionais querem garantir de forma eficaz a segurança dos cidadãos, mas para isso é necessário que a Tutela ponha ao seu dispor os meios essenciais.
Por outro lado, há que denunciar que os profissionais da GNR continuam completamente desprotegidos em caso de agressão. Mesmo a legislação penal não é eficaz nem célere o suficiente para que seja dissuasora da prática de agressões contra agentes da autoridade. Urge uma alteração legislativa neste campo.

Também a nova fórmula de cálculo das prestações devidas por baixa médica fazem com que muitos profissionais agredidos, como aliás foi o caso, regressem ao serviço quando deviam estar a convalescer, por serem duramente penalizados no seu rendimento mensal, o que é a todos os títulos inaceitável.

A APG/GNR exige da Tutela medidas urgentes, que confiram os meios humanos e materiais adequados e necessários ao exercício da segurança pública, para que episódios como este ou outros bem mais graves que já resultaram mesmo na perda da vida de profissionais não se venham a repetir.

Lisboa, 3 de Dezembro de 2013

A Direcção Nacional da APG/GNR
avatar
иuησ
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR Cavª
Nº de Mensagens : 14407
Mensagem :
Nuno Miguel Guedes

Coordenador da Região de Lisboa

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA GUARDA - APG/GNR


Qui pugnat perdere potest. Qui non pugnat iam perdidit!
Meu alistamento : 2000 - AIP

https://www.apg-gnr.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por иuησ em Ter 03 Dez 2013, 18:13

Já agora, vejam o jornal da noite na TVI...
avatar
иuησ
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR Cavª
Nº de Mensagens : 14407
Mensagem :
Nuno Miguel Guedes

Coordenador da Região de Lisboa

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA GUARDA - APG/GNR


Qui pugnat perdere potest. Qui non pugnat iam perdidit!
Meu alistamento : 2000 - AIP

https://www.apg-gnr.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Ter 03 Dez 2013, 18:55

Homem ameaça GNR com faca de cozinha em Albufeira
03-12-2013
Inglês proferiu ameaças e empunhou faca contra guardas. Um popular também se queixou de ter sido vítima de tentativa de esfaqueamento.
Por José Carlos Eusébio - Correio da Manhã
Um homem foi detido pela GNR depois de ter ameaçado uma patrulha com uma faca de cozinha, ao final da tarde de anteontem, em Albufeira. Mas antes o indivíduo já teria empunhado a mesma faca contra um popular.Segundo apurou o CM junto de fonte da GNR, uma patrulha do subdestacamento de Albufeira foi abordada por um homem, português, que revelou que um estrangeiro o tinha tentado esfaquear, pouco tempo antes, na avenida Sá Carneiro, uma das principais artérias da cidade.Com base na descrição do suspeito feita pela alegada vítima ? não existem testemunhas da referida tentativa de esfaqueamento ?, militares da GNR dirigiram-se ao local onde tudo teria acontecido, acabando por detetar um homem que correspondia às características relatadas pelo queixoso.Os militares decidiram então abordar o suspeito, quando este já se dirigia para a sua residência, mas este reagiu de uma forma agressiva. De acordo com fonte da GNR, o homem empunhou a mesma faca de cozinha contra os militares e proferiu ameaças.Os guardas conseguiram, no entanto, rapidamente imobilizar e deter o estrangeiro, que ao que o CM apurou, é de nacionalidade inglesa. Foi ainda feita a apreensão da faca de cozinha que este empunhava na ocasião.O suspeito foi ontem presente pela GNR ao Tribunal de Albufeira para aplicação das medidas de coação. Por decisão do juiz, acabou por sair em liberdade, tendo o processo baixado a inquérito.
http://www.sabado.pt/Ultima-hora/Sociedade/Homem-ameaca-GNR-com-faca-de-cozinha-em-Albufeira.aspx
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Agressor de GNR em liberdade enquanto militar trabalha para não perder dinheiro

Mensagem por Raí em Qua 04 Dez 2013, 16:55

Agressor de GNR em liberdade enquanto militar trabalha para não perder dinheiro.



«Ele tem família e precisa do dinheiro. Prefere andar cheio de dores a trabalhar»

O homem que agrediu um militar da GNR de Loulé à pedrada e à dentada ficou em liberdade por determinação do tribunal, enquanto a vítima já regressou ao trabalho para não perder dinheiro.

O militar de 24 anos «não está de baixa, porque se estiver de vão descontar-lhe no ordenado». «Ele tem família e precisa do dinheiro. Prefere andar cheio de dores a trabalhar», disse à TVI Pedro Manata e Silva, da Associação de Profissionais da Guarda.

Com mais esta agressão a um militar, reforçam-se os pedidos à tutela. «O subsídio de patrulha devia ser aumentado pelo menos para dobro», acrescentou a mesma fonte, considerando que os 59 euros que cada patrulheiro ganha a mais por mês não é suficiente.

Fonte_TVI24

_____________________________________________

avatar
Raí
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 44
Profissão : Militar da G.N.R
Nº de Mensagens : 1550
Mensagem : Antes de me criticares tenta superar-me
Meu alistamento : 1995

http://www.g-sat.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por иuησ em Qui 05 Dez 2013, 18:36





avatar
иuησ
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR Cavª
Nº de Mensagens : 14407
Mensagem :
Nuno Miguel Guedes

Coordenador da Região de Lisboa

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA GUARDA - APG/GNR


Qui pugnat perdere potest. Qui non pugnat iam perdidit!
Meu alistamento : 2000 - AIP

https://www.apg-gnr.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por COELHO.X em Qui 05 Dez 2013, 19:59

Raí escreveu:Agressor de GNR em liberdade enquanto militar trabalha para não perder dinheiro.



«Ele tem família e precisa do dinheiro. Prefere andar cheio de dores a trabalhar»

O homem que agrediu um militar da GNR de Loulé à pedrada e à dentada ficou em liberdade por determinação do tribunal, enquanto a vítima já regressou ao trabalho para não perder dinheiro.

O militar de 24 anos «não está de baixa, porque se estiver de vão descontar-lhe no ordenado». «Ele tem família e precisa do dinheiro. Prefere andar cheio de dores a trabalhar», disse à TVI Pedro Manata e Silva, da Associação de Profissionais da Guarda.

Com mais esta agressão a um militar, reforçam-se os pedidos à tutela. «O subsídio de patrulha devia ser aumentado pelo menos para dobro», acrescentou a mesma fonte, considerando que os 59 euros que cada patrulheiro ganha a mais por mês não é suficiente.

Fonte_TVI24
Uma miséria de dinheiro..................not ok 
avatar
COELHO.X
Tenente
Tenente

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 4949
Mensagem : Passam Céleres Altivos e Impenetráveis..é a Cavalaria que Passa!
"Para ter inimigos, não precisa declarar guerras, apenas diga o que pensa..."

Martin Luther King

Meu alistamento : (1999) Século Passado!!Há pois é.


Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por jomarabu em Qui 05 Dez 2013, 20:19

É isto é que me entristece....um agente de autoridade agredido barbaramente e o agressor sai em liberdade!!!
Isto vale tudo, bater num agente de autoridade é uma coisa já banal e curriqueira!Uma vergonha.
E ninguém nos defende! Sem seguros, sem nada....infelizmente tem que ir trabalhar para não ser penalizado no ordenado! Só mesmo neste país.
Força camarada! As melhoras....

militar
avatar
jomarabu
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 40
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 1895
Mensagem : "Temos de aprender a viver todos como irmãos ou morreremos todos como loucos.”
in Marter Luther King

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Sex 03 Jan 2014, 21:19





Jornal de Notícias de hoje
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Seg 27 Jan 2014, 21:37





Hoje no Correio da Manhã
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Qui 13 Fev 2014, 01:18





Correio da Manhã de ontem
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Carango em Qui 13 Fev 2014, 14:59

Só a papelada que têm de se fazer quando se é agredido ou quando alguem rasga-nos uma peça de roupa um gajo perde logo a vontade de fazer o que quer que seja....
avatar
Carango
1º Sargento
1º Sargento

Masculino
Idade : 36
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 1242
Mensagem : Procure ser um homem de valor, em vez de ser um homem de sucesso.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por toinojaquim em Qui 13 Fev 2014, 16:09

Estagiei em 2004 no Algarve. Numa situação de desacatos, fomos chamados e ao chegar ao local fomos recebidos a murro e pontapé. Fui agredido e rasgaram-me a farda. Tive que ser assistido no hospital porque fiquei com um cotovelo e um joelho completamente esfolados. fiquei com as mãos em sangue porque um dos meninos não quis ser algemado. O normal do dia a dia de um Guarda! No Tribunal o menino queixou-se que tinha sido agredido pela patrulha.
Resultado: ele mamou 500€ de multa, saiu a rir-se de mim porque fiquei todo partido, eu fui constituído arguido, a Guarda abriu-me um processo disciplinar que só foi arquivado em 2009 quando fui ilibado pelo tribunal...5 anos depois. Agora como sou um cidadão de segunda, tiram-me 200€ por mês porque ganho muito! Viva Portugal
avatar
toinojaquim
Cabo-Mor
Cabo-Mor

Masculino
Idade : 39
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 393
Mensagem : " As massas nunca se elevam ao padrão do seu melhor membro, pelo contrário, degradam-se ao nível do pior"
Meu alistamento : 2003 Portalegre


Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Carango em Qui 13 Fev 2014, 17:31

toinojaquim escreveu:Estagiei em 2004 no Algarve. Numa situação de desacatos, fomos chamados e ao chegar ao local fomos recebidos a murro e pontapé. Fui agredido e rasgaram-me a farda. Tive que ser assistido no hospital porque fiquei com um cotovelo e um joelho completamente esfolados. fiquei com as mãos em sangue porque um dos meninos não quis ser algemado. O normal do dia a dia de um Guarda! No Tribunal o menino queixou-se que tinha sido agredido pela patrulha.
Resultado: ele mamou 500€ de multa, saiu a rir-se de mim porque fiquei todo partido, eu fui constituído arguido, a Guarda abriu-me um processo disciplinar que só foi arquivado em 2009 quando fui ilibado pelo tribunal...5 anos depois. Agora como sou um cidadão de segunda, tiram-me 200€ por mês porque ganho muito! Viva Portugal


toinojaquim - De facto é uma vergonha o que nos estão a descontar no ordenado. Se um gajo não faz gratificados ganha uma merd@....mas se o faz não têm tempo para a familia. Eu se fosse a eles arranjava Robocops e não pessoas.
Só me dá vontade de mander isto tudo \'\'Auto-removido\'\'€r... Ando mesmo deprimido com isto.
avatar
Carango
1º Sargento
1º Sargento

Masculino
Idade : 36
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 1242
Mensagem : Procure ser um homem de valor, em vez de ser um homem de sucesso.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por dragao em Qui 13 Fev 2014, 21:05

Já chega de tratar os agentes das forças de segurança como se fossem uma estirpe de RobCoops. Naturalmente que tem preparação e formação para lidar com alterações de ordem pública. Mas não são constituídos em aço ou ferro. São ser humanos que também sentem a dor como qualquer outro ser humano. Julgo ser altura dos responsáveis pelo País, tomarem as rédeas e colocarem a justiça em pé de igualdade para que os agentes possam exercer as suas funções que lhe são atribuídas na defesa da legalidade democrática, na garantia da ordem e segurança publica e na defesa dos direitos fundamentais dos cidadãos, sem que qualquer cidadão ou agente se sinta injustiçado. Como diz a gíria popular "Cada um no seu lugar"...
avatar
dragao
Cmdt Interino
Cmdt Interino

Masculino
Idade : 49
Profissão : gnr
Nº de Mensagens : 19287
Mensagem : Ler as Regras ajuda a compreender o funcionamento do fórum!
Meu alistamento : Já viste este novo campo no teu perfil?

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por PINTAROLAS em Qui 13 Fev 2014, 21:15

dragao escreveu:...Julgo ser altura dos responsáveis pelo País, tomarem as rédeas e colocarem a justiça em pé de igualdade ....
Caro dragao, desculpa mas tu ainda deves acreditar no Pai Natal.
Então achas que os ir-responsáveis que gerem este País vão mexer nas leis para e cito as tuas palavras "colocarem a justiça em pé de igualdade" ???
Só alteram as que lhes interessa.

Tem ser ser a plebe a tomar atitudes começando já no dia 6 de março.

_____________________________________________
Regras
Utilizadores com acessos especiais
Posto Virtual/Expediente
Facebook Fórum GNR
UTILIZAR FUNÇÃO "BUSCAR"
Linha de Apoio Psicossocial 800962000
Wink
avatar
PINTAROLAS
Moderador
Moderador

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 7542

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Ter 04 Mar 2014, 22:29

Jovem que ameaçou GNR com arma branca libertado pelo tribunal

Encontra-se com Termo de Identidade e Residência, a medida de coação menos gravosa

Por: tvi24 / AM | 2014-03-04 22:07
Um jovem de 20 anos foi presente esta terça-feira ao Tribunal de Viana do Castelo, e entretanto libertado, por ter utilizado uma arma branca para ameaçar militares da GNR, indicou à Lusa fonte daquela força policial.

O incidente aconteceu na freguesia de Barroselas, na periferia da cidade de Viana do Castelo, cerca das 20:00 de segunda-feira, disse a mesma fonte.

Os militares foram chamados por familiares do próprio jovem, que se queixavam do seu «estado alterado». Ao chegarem ao local foram recebidos com «injúrias e ameaças» de arma branca, por parte do mesmo jovem.

Este ameaçou os militares com uma navalha e tinha num bolso um x-ato, indicou a mesma fonte.

Foi detido pela GNR e presente já esta terça-feira ao Tribunal de Viana do Castelo, que fez o processo baixar a inquérito, a realizar por aquela força, colocando-o em liberdade, com Termo de Identidade e Residência, a medida de coação menos gravosa.
http://www.tvi24.iol.pt/503/sociedade/gnr-arma-branca-tribunal-entidade-e-residencia-viana-do-castelo-tvi24/1542137-4071.html
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Gil Vicente em Ter 04 Mar 2014, 23:56

E a NÓS quem nos defende das ameaças, coação, agressões verbais, exploração do trabalho e condições degradantes no local de trabalho.
Aos responsáveis políticos por este estado de coisas, deveriam também a eles ser aplicadas medidas coercivas. TIR com proibição de se ausentarem da residência, cortes nos suplementos, subsídio de residência, despesas de representação, etc e tal.
Isto mudava, ai mudava, mudava!
avatar
Gil Vicente
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 57
Profissão : Duarda da Guarda
Nº de Mensagens : 1946
Mensagem : Gozar na Reserva aquilo que não me era permitido gozar no Activo. Já agora também poder livremente privar com os Netos, coisa que muitas vezes me foi sonegado para acompanhamento dos Filhos.
Finalmente a Reserva, mas até agora nos retiram DIREITOS.
Meu alistamento : 13MAI85 2ºT/GF
Facultativo)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Qua 12 Mar 2014, 20:10

Águeda

Militar da GNR espancado pela população

Um militar da equipa ambiental da GNR de  Águeda foi espancado por duas dezenas de populares, quando tentava identificar um pescador ilegal.

O militar da GNR, de 38 anos, teve de ser transportado para o hospital e encontra-se agora de baixa médica. Um outro colega sofreu ferimentos ligeiros.

CLIQUE NA IMAGEM PARA SABER MAIS NA CMTV
http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/militar-da-gnr-espancado-pela-populacao

avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Ter 18 Mar 2014, 01:17



Jornal de Notícias de ontem
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por antipilho em Sab 29 Mar 2014, 22:46

Mordeu militar da GNR para evitar prisão de marido

A GNR de Braga deteve, em Vila Verde, um indivíduo com mandados para cumprir pena de prisão. Estava fugido e foi detido num café. Foi ainda detida companheira do homem, por agressões aos militares da GNR.

A mulher, ao ver os militares a dar voz de prisão ao companheiro, agrediu e chegou mesmo a morder um dos militares que teve de receber assistência no Hospital da Misericórdia de Vila Verde.

O detido, natural de Vila Verde e residente num bairro do Porto foi localizado, sexta-feira, em Vila Verde, após várias ações de vigilância da GNR.

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Seguranca/Interior.aspx?content_id=3785980
avatar
antipilho
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 28
Profissão : Guarda
Nº de Mensagens : 607
Mensagem : C.R.P. Artigo 26.º Outros direitos pessoais 1. A todos são reconhecidos os direitos à identidade pessoal, ao desenvolvimento da personalidade, à capacidade civil, à cidadania, ao bom nome e reputação, à imagem, à palavra, à reserva da intimidade da vida privada e familiar e à protecção legal contra quaisquer formas de discriminação.
Meu alistamento : 2011

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso As agressões aos elementos das Forças de Segurança continuam...

Mensagem por Carango em Dom 03 Ago 2014, 09:44

avatar
Carango
1º Sargento
1º Sargento

Masculino
Idade : 36
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 1242
Mensagem : Procure ser um homem de valor, em vez de ser um homem de sucesso.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por иuησ em Seg 04 Ago 2014, 12:14

Outra situação que "está na moda": agressão aos Profissionais da GNR.

Enquanto a moldura penal for branda...
avatar
иuησ
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR Cavª
Nº de Mensagens : 14407
Mensagem :
Nuno Miguel Guedes

Coordenador da Região de Lisboa

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA GUARDA - APG/GNR


Qui pugnat perdere potest. Qui non pugnat iam perdidit!
Meu alistamento : 2000 - AIP

https://www.apg-gnr.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Qua 13 Ago 2014, 01:14

Albufeira

Turistas fazem apostas para agredir militares da GNR

Francês, de 25 anos, foi detido após agressão a militar. No verão passado houve vários casos.
Notícia exclusiva da edição em papel
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Croco em Dom 17 Ago 2014, 00:37

GNR recebida à pedrada em rave ilegal junto à barragem alentejana de Odivelas
Por Pedro Sales Dias
16/08/2014 - 19:46

Participantes na festa, para a qual não existiam licenças, não gostaram da intervenção da polícia que acabou com a música. Cinco militares ficaram feridos e tiveram de receber tratamento hospitalar.

Dezenas de militares da GNR de Ferreira do Alentejo foram este sábado recebidos à pedrada quanto fiscalizavam uma rave ilegal junto à barragem de Odivelas, naquela vila. Cinco deles sofreram ferimentos ligeiros e tiveram de ser transportados para o Hospital de Beja, adiantou o porta-voz da GNR, o major Marco Cruz.
Os bombeiros foram chamados pelas 16h42 para prestar assistência aos guardas, de acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro, citado pela agência Lusa.

A GNR não deteve, porém, nenhum dos participantes. Não terá conseguido apurar quem foram os responsáveis pelo arremesso das pedras. Foi apenas identificado um homem que estava junto ao equipamento de som por ilícitos referentes à falta de licenças para passar música.

Os participantes da rave não terão gostado da intervenção da GNR, que acabou com a música quando decidiu apreender o equipamento de som por não existirem licenças da câmara municipal nem da Sociedade Portuguesa de Autores. Os militares da GNR chegaram ao local pelas 16h00 e ainda lá estavam pelas 21h00 deste sábado.

“Os elementos do posto receberam ontem [sexta-feira] várias queixas de pessoas que estavam instaladas num parque de campismo próximo e que face ao ruído não conseguiam dormir”, adiantou ainda o major Marco Cruz.

Também os responsáveis deste parque de campismo situado junto à albufeira da barragem tinham apresentado queixa na sexta-feira, o que levou a GNR a preparar a operação para este sábado, envolvendo todos os militares do posto.

"Tínhamos uma boa ocupação, mas vários clientes partiram logo esta manhã e recebemos tantas queixas que chegámos a fazer um abaixo-assinado de protesto que reuniu 50 assinaturas", disse um responsável do parque de campismo Markádia, em declarações à agência Lusa.

Segundo o mesmo funcionário, na quinta-feira, nas imediações da barragem, "começaram a aparecer as primeiras pessoas" para a rave, que terá sido "convocada pela Internet".

http://www.publico.pt/sociedade/noticia/gnr-intervem-em-alegada-rave-ilegal-junto-da-barragem-alentejana-de-odivelas-1666698
avatar
Croco
Major
Major

Masculino
Idade : 49
Profissão : Militar da GNR
Nº de Mensagens : 7949
Mensagem : "As maiores virtudes do homem são: A honestidade e a humildade"

Meu alistamento : 1991 CIP

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Raí em Dom 17 Ago 2014, 12:17

Videos da SIC na pagina do Facebook https://www.facebook.com/photo.php?v=628077357306029

https://www.facebook.com/photo.php?v=628079847305780&set=vb.216608521786250&type=3&theater

Agora pergunto eu será que este procedimento terá sido o mais adequado, num local com milhares de pessoas?????
A ordem terá sido bem dada??
Colocando em risco a integridade fisica dos militares......

_____________________________________________

avatar
Raí
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 44
Profissão : Militar da G.N.R
Nº de Mensagens : 1550
Mensagem : Antes de me criticares tenta superar-me
Meu alistamento : 1995

http://www.g-sat.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por NIC em Dom 17 Ago 2014, 14:09

Pelo que se fala isto começou QUINTA-Feira e o Comando de Beja não teve capacidade ou não quis mandar UM EFECTIVO CAPAZ de por fim ao que se estava a passar!!

TRISTE o Sr. Cmdt vir dizer que os indivíduos não eram perigosos.... Só pela quantidade de pessoas envolvidas era MAIS do que justificado um efectivo "musculado" os Camaradas feridos deveriam apresentar queixa contra quem os agrediu e contra QUEM OS COLOCOU em semelhante situação!!

É FÁCIL MANDAR HOMENS PARA A FOGUEIRA e depois lavar as mãos como Pilatos!!!
avatar
NIC
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 50
Profissão : GNR
Nº de Mensagens : 765
Meu alistamento : 1990

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por FORASTEIRO em Dom 17 Ago 2014, 14:24

O comandante de Beja fez o papel dele, como todos os outros....falar falar falar...... Pimentel no c... Dos outros é refresco..... E insisto no mesmo de sempre, o melhor serviço é o que fica por fazer.
avatar
FORASTEIRO
Capitão
Capitão

Masculino
Idade : 48
Profissão : agente gnr
Nº de Mensagens : 5577
Mensagem : " Responder à ofensa com ofensa é lavar a alma com lama.

O silêncio é um dos argumentos mais difíceis de se rebater. "

Dalai Lam.


Meu alistamento : já faltou mais.!!!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Raí em Dom 17 Ago 2014, 14:38

No país em que disparar contra os bandidos se tornou um crime

Hoje há “medo” em disparar uma arma no combate ao crime. Porque o combate ao crime pode muito facilmente tornar-se na pratica de um crime.

Hugo Ernano é militar da GNR. A sua promoção, que devia acontecer em 2010 encontra-se pendente. Pendente será um termo demasiado ligeiro. Encontra-se suspensa, porque desde 2008, altura em que disparou contra uma viatura, com vidros pintados, onde no seu interior se encontrava um menor de idade, facto que o militar desconhecia. Dentro da carrinha encontravam-se ainda dois homems, um deles o pai da criança que tinha fugido da Estabelecimento Prisional de Alcoentre. A viatura estava a ser usada por um grupo de etnia cigana num assalto em Santo António do Tojal. Uma perseguição policial após o assalto ditou o a morte do menor, mas mais de meia década de batalhas legais.

O militar foi condenado inicialmente a nove anos, tendo depois a pena sido reduzida pelo Tribunal da Relação de Lisboa. Mas, na opinião das mais de 96 mil pessoas que assinaram a primeira petição, esta não é a verdadeira justiça.

Pode, um militar da GNR – ou da PSP – estar certo de que quando dispara uma arma para combater o crime, não será este mesmo militar “perseguido” judicialmente como um criminoso?

Nuno Guedes da Associação dos Profissionais da Guarda, afirma que “não tenho grandes duvidas em afirmar que existe imenso receio em utilizar, seja de que forma for, a arma de fogo“. No que toca à situação de Hugo Ernano, “a APG/GNR abordou publicamente este assunto, pois a pena aplicada pelo TRL [Tribunal da Relação de Lisboa] poderá abrir um precedente grave que poderá condicionar a actuação das forças de segurança quando era suposto que recorressem ao uso da arma de fogo“. “Face à criminalidade cada vez mais violenta, organizada e sofisticada, a Lei nº 457/99 que regulamenta a utilização das Armas de Fogo por parte das Forças de Segurança deve ser revista pois fica desenquadrada face à matéria de facto apresentada em sede de tribunal e face matéria crime aplicada. É pertinente que se coloque a questão acerca de que tipo de polícia se pretende para o país, se uma polícia operante no combate à criminalidade ou uma polícia frágil com receio de ser punida quando age legitimamente e de forma proporcional no exercício das suas funções. É que os cidadãos esperam dos Profissionais das forças de Segurança uma actuação segura, que os proteja dos criminosos”.

Toda a noticia aqui ==» http://www.tugaleaks.com/disparar-arma-de-fogo.html#

Minha opinião: Nunca esperei ver esta noticia da parte do Srº Rui Cruz, porque sempre que pode cai em cima das forças de segurança, desta vez tiro-lhe o chapéu por este post  Fixe

_____________________________________________

avatar
Raí
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 44
Profissão : Militar da G.N.R
Nº de Mensagens : 1550
Mensagem : Antes de me criticares tenta superar-me
Meu alistamento : 1995

http://www.g-sat.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Alvaro Carvalho em Dom 17 Ago 2014, 16:21

Raí escreveu:Videos da SIC na pagina do Facebook https://www.facebook.com/photo.php?v=628077357306029

https://www.facebook.com/photo.php?v=628079847305780&set=vb.216608521786250&type=3&theater

Agora pergunto eu será que este procedimento terá sido o mais adequado, num local com milhares de pessoas?????
A ordem terá sido bem dada??
Colocando em risco a integridade fisica dos militares......

Acho que numa altura destas, é que faziam falta os blindados...

Alvaro Carvalho
2º Sargento
2º Sargento

Masculino
Idade : 60
Profissão : GNR/ Reserva,quase na reforma...
Nº de Mensagens : 869
Meu alistamento : Setembro de 1975! Cap Aguiar, como Comandante de Companhia
MAS,FINALMENTE NA REFORMA!

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Raí em Dom 17 Ago 2014, 18:27

Rave: «Aquilo foi uma autêntica batalha campal»

Cinco militares da GNR feridos e viaturas danificadas numa festa ilegal no Alentejo.

3 FOTOS

A Guarda Nacional Republicana (GNR) foi chamada, este sábado, ao local da festa de música eletrónica organizada ilegalmente junto à barragem alentejana de Odivelas, no concelho de Ferreira do Alentejo, para verificar as licenças de direito de autor.

Um dos militares presentes no local descreveu à TVI24 um cenário de «batalha campal», com agressões, objetos arremessados, bastonadas e gás pimenta.

Entretanto, a TVI24 sabe que a GNR já mobilizou este domingo mais efetivos para o local.

«Tivemos de fugir de lá»

A ausência de autorizações tornava a «rave» ilegal e as autoridades providenciaram a apreensão do material de som. A organização não aceitou e os cerca de 47 guardas presentes no local foram «escorraçados» à pedrada.

«Fomos cercados para não levar o material, começámos a ser agredidos com o que tinham à mão e respondemos com bastonadas e gás pimenta», disse à TVI24 um dos GNR presentes na operação.

«Tivemos de fugir de lá, não fazíamos a mínima ideia do que íamos encontrar porque só tínhamos ido verificar uma licença de utilização de direitos de autor», afirmou a mesma fonte.

Em declarações à TVI24, a mesma fonte referiu que um dos guardas ficou retido no local e só conseguiu escapar porque foi ajudado por um participante da festa português a chegar à estrada principal.

«Quando nos apercebemos da falta de um dos guardas, voltámos atrás para o socorrer. Felizmente alguém o ajudou a sair da confusão, senão teria sido muito pior», acrescentou.

Foram cerca de 50 as pessoas da organização abordadas pela GNR para a vistoria às licenças. «Eram umas 50 pessoas à nossa frente a impedir que levássemos o material e atrás dessas estavam umas mil pessoas a atirar-nos pedras, paus e tudo o que tinham à mão. Aquilo foi uma autêntica batalha campal».

«Víamos pessoas a sair das tendas e das roulottes para nos agredir», frisou a mesma fonte. A GNR não conseguiu identificar nenhum dos agressores nem sequer ficou provada, para já, a existência de substâncias ilícitas.

Jovens dizem que correu tudo bem

Alguns dos jovens presentes na «rave» dizem não se ter apercebido de nada, nem sequer da presença dos militares da GNR. «Correu tudo bem, muita música e alegria», disse um dos jovens à TVI.

«Não se passou aqui nada. Em relação a desacatos e apedrejamentos não ouvi falar em nada disso com ninguém. Vi o pessoal super chateado por não terem música», referiu outro dos jovens presentes na festa da barragem de Odivelas.

Os «festivaleiros» envolvidos na confusão tinham cães que se juntaram à algazarra. «No meio daquilo tudo ainda tivemos que nos debater com os pit bulls e os rottweilers que algumas pessoas tinham e que também começaram a atacar. Os animais não foram mandados de propósito para atingir os guardas, mas no meio da confusão não ficaram impunes à violência. Cheguei mesmo a ver um dos indivíduos da festa a ser mordido por um cão», referiu um dos guardas presentes no local à TVI24.

As autoridades não conseguem aferir o número exato de pessoas na «rave» de Odivelas, Alentejo, mas seriam cerca de três mil.

Várias viaturas da GNR danificadas

No meio dos desacatos, várias viaturas presentes no local foram alvo de ataques. «Os carros ficaram danificados, os vidros partidos, as portas e os para-brisas amolgados e os pneus foram furados para não sairmos dali», revelou à TVI24 um dos GNR envolvidos.

Ao que a TVI24 apurou, os danos das viaturas serão agora alvo de um inquérito para apurar responsabilidades.

Cinco militares da GNR ficaram feridos com escoriações, consequência dos ataques de que foram alvo e foram assistidos no Hospital distrital de Beja.







Fonte_TVI24

_____________________________________________

avatar
Raí
Sargento-Ajudante
Sargento-Ajudante

Masculino
Idade : 44
Profissão : Militar da G.N.R
Nº de Mensagens : 1550
Mensagem : Antes de me criticares tenta superar-me
Meu alistamento : 1995

http://www.g-sat.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por иuησ em Seg 18 Ago 2014, 01:48

Mais uma vez, como sempre, estivemos no local, pela voz do nosso dirigente José Ressurreição.



avatar
иuησ
Tenente-Coronel
Tenente-Coronel

Masculino
Idade : 41
Profissão : GNR Cavª
Nº de Mensagens : 14407
Mensagem :
Nuno Miguel Guedes

Coordenador da Região de Lisboa

ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DA GUARDA - APG/GNR


Qui pugnat perdere potest. Qui non pugnat iam perdidit!
Meu alistamento : 2000 - AIP

https://www.apg-gnr.pt/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Em Curso Re: As agressões aos Profissionais da Guarda continuam...

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 5 de 11 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6 ... 9, 10, 11  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares